Notícias | Dia a dia
Fãs poderão desafiar Soares e Monteiro na Lagoa
29/11/2019 às 14h03

Rio de Janeiro (RJ) - O Rio de Janeiro vai respirar tênis na próxima segunda-feira. No mesmo dia em que a venda de ingressos do Rio Open vai começar, o torneio promove o primeiro evento aberto ao público na cidade. Bruno Soares e Thiago Monteiro participam de uma interação com o público e crianças de projetos sociais apoiados pelo torneio e do Núcleo Esportivo Rio Open (NERO). A ação acontece entre 10h30 e 12h30, na quadra de tênis da Lagoa Rodrigo de Freitas, em frente ao Clube Monte Líbano.

Entre 10h30 e 11h30 o público presente poderá desafiar e bater uma bola com o número 1 do Brasil e com o dono de cinco títulos de Grand Slam nas duplas. Caso algum torcedor não tenha raquete, o Rio Open emprestará uma. Das 11h30 às 12h30 será a vez das crianças dos projetos sociais atendidos pelo torneio entrarem na quadra e testarem suas habilidades diante de Bruno e Thiago.

“Esse é o ponto de partida para o Rio Open e uma oportunidade para o público e as crianças dos projetos sociais que apoiamos passarem uma manhã com dois grandes nomes do tênis nacional e vivenciarem uma experiência inesquecível. Será um gostinho do que está por vir em fevereiro”, afirma Marcia Casz, diretora geral do Rio Open

“Nós acreditamos muito no poder transformador do esporte. Por isso, apoiamos projetos sociais e reunimos algumas dessas crianças para essa ação com o Bruno e o Thiago. Além disso, iremos proporcionar uma experiência inesquecível para o público presente de jogar com dois dos melhores tenistas do circuito mundial. Será uma manhã de muita diversão e troca de conhecimentos para todos”, completa Luiz Carvalho, diretor do Rio Open.

Atualmente o Rio Open apoia cinco projetos sociais no Rio de Janeiro que usam o tênis como ferramenta de desenvolvimento humano e inclusão social: Tênis Solidário, Tênis na Lagoa, Instituto Futuro Bom, Arremessar Para o Futuro e Escolinha de Tênis Fabiano de Paula. Esses projetos recebem as bolas usadas durante o torneio, material para treinamento e clínicas de tênis para os jovens com presença de jogadores profissionais.

Todo ano as crianças são selecionadas para atuarem como ball kids ou nos bastidores do evento. Além disso, o Rio Open desenvolveu seu próprio projeto que beneficia em torno de 50 crianças, de 6 a 11 anos, da zona oeste do Rio de Janeiro - o NERO (Núcleo Esportivo Rio Open).

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis