Notícias | Dia a dia
Wild, Orlando e Felipe Alves estreiam com vitória
26/11/2019 às 23h52

Thiago Wild teve trabalho para superar Matheus Pucinelli na estreia

Foto: João Pires/Fotojump

São Paulo (SP) - A segunda edição da Maria Esther Bueno Cup começou com jogos equilibrados. Nesta semana, na Sociedade Harmonia de Tênis em São Paulo, oito jovens tenistas brasileiros de até 23 anos disputam entre si uma vaga na chave principal do Rio Open de 2020.

Thiago Wild precisou virar o jogo contra Matheus Pucinelli para seguir na luta pelo bicampeonato. O jovem de 18 anos ganhou o primeiro set por 6/3, mas Wild ganhou o segundo por 6/2 e o match tie-break por 10/08, depois que Pucinelli deu um susto na torcida ao torcer o pé quando perdia por 8/5.

Felipe Meligeni Alves começou arrasador, emplacando 6/0 em Gilbert Klier Jr, que reagiu no segundo, fazendo 7/5. Mas Meligeni voltou a jogar bem no terceiro, fechando em 10/7. “Perdi o segundo set, fiquei nervoso, mas vale muito aqui, cada ponto conta, é importante se manter focado e sair com a vitória” comemorou Meligeni Alves.

Felipe aproveitou para contar que vai seguir treinando na Espanha, com Marc Garcia, na BTT- Barcelona Total Tennis. “Estou muito feliz quero muito continuar lá. Minha evolução é notável, cheguei lá 1000 e agora estou 390º do mundo, todo mundo consegue perceber, então vou fazer um esforço para ficar lá”, disse.

Nos outros confrontos, o convidado do clube, Lucas Koelle, quase surpreendeu Orlando Luz que precisou jogar um tie-break para vencer por 6/3 7/6(4). Rafael Matos venceu João Lucas Reis por 5/7 6/4 10/5.

Nesta quarta-feira, a programação só terá jogos do grupo Pedro Bueno, a partir das 18h. Na quinta, joga o grupo Alcides Procópio. A Maria Esther Bueno Cup segue até domingo na Sociedade Harmonia de Tênis e a final terá transmissão ao vivo no Globoesporte.com

Programação de quarta-feira

Quadra Central - 18h
Lucas Koelle vs. João Lucas Reis
Orlando Luz vs. Rafael Matos

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis