Notícias | Dia a dia
Judy Murray: 'Tenistas precisam denunciar abusos'
25/11/2019 às 16h01

Londres (Inglaterra) - Treinadora de tênis e ex-capitã da equipe britânica da Fed Cup, Judy Murray afirma que tenistas precisam de mais apoio para lidar com casos de relacionamentos abusivos com seus técnicos. A mãe de Andy e Jamie Murray destaca que atletas temem represálias e, por isso, deixam de denunciar essas situações e que é preciso que alguém do circuito dê o primeiro passo.

"Acho que todo mundo que está no circuito seria capaz de citar alguma coisa que não está certa. É muito fácil tirar proveito de uma jogadora jovem e inexperiente", disse Judy Murray, em entrevista ao jornal inglês The Guardian. "Eu certamente defenderia que qualquer pessoa que tenha sido vítima de abuso nesse relacionamento entre jogador e treinador fale sobre isso. É preciso apenas de uma pessoa para começar".

"Se você é uma jovem jogadora e está viajando pelo mundo, muitas vezes não tem com quem conversar. Elas passam a maior parte do tempo com técnicos ou rebatedores, que geralmente são homens um pouco mais velhos. Com quem essas meninas falam se elas tiverem um problema físico ou emocional?", acrescentou a experiente treinadora.

Atualmente, a Federação Internacional de Tênis (ITF) possui um canal de comunicação para que os tenistas possam falar sobre situações de abuso ou violência, mas Judy Murray afirma que gostaria que os casos também fossem investigados por entidades independentes.

"Deve haver um órgão esportivo independente, onde as jogadoras possam ir sabendo que alguém irá ouvi-las e agir sobre isso. Seja abuso emocional, físico ou sexual. Muitas vezes você tem medo de falar porque acha que isso pode te prejudicar".

Comentários
Raquete novo
Suzana Silva