Notícias | Dia a dia
Nadal chega a 200 semanas como número 1
25/11/2019 às 11h22

Madri (Espanha) - Além de comemorar o título da Copa Davis, conquistado no último domingo, o espanhol Rafael Nadal abrirá a semana com mais um motivo para festejar. Ao aparecer no topo do ranking da ATP mais uma vez, o canhoto de Mallorca alcançou a expressiva marca de 200 semanas como número 1 do mundo.

Somente seis jogadores conseguiram atingir o bicentenário de semanas na liderança do ranking até então. O primeiro deles foi o norte-americano Jimmy Connors, seguido pelo tcheco naturalizado norte-americano Ivan Lendl, pelo norte-americano Pete Sampras, pelo suíço Roger Federer e pelo sérvio Novak Djokovic.

De todos estes, apenas Federer já conseguiu ficar mais de 300 semanas na ponta, somando 310 ao todo. O suíço também é o recordista absoluto de semanas seguidas como número 1 do mundo, passando 237 semanas no topo do ranking (entre 2 de fevereiro de 2004 e 17 de agosto de 2008).

Nadal somará mais algumas semanas na liderança durante as férias e só terá seu reinado ameaçado depois do Australian Open, onde defende 1.200 pontos do vice-campeonato. Mesmo assim, sua chance de continuar na liderança após Melbourne é muito grande, pois Djokovic defende o título e é o único que pode derrubá-lo após o primeiro Grand Slam da temporada.

Se em número de semanas o espanhol fica um pouco para trás de Djokovic e Federer, seus dois grandes rivais, na questão de temporadas encerradas como número 1 os três estão empatados, cada um com cinco. Em 2020 haverá a disputa para ver quem consegue igualar o recorde de Sampras, único até agora que terminou na ponta em seis anos distintos.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis