Notícias | Copa Davis
Nadal também vence na dupla e classifica a Espanha
22/11/2019 às 21h08

Nadal venceu jogos de simples e duplas que fez nesta sexta-feira

Foto: Divulgação

Madri (Espanha) - Pouco depois de ter uma grande atuação em simples, Rafael Nadal comemorou mais uma vitória nesta sexta-feira e ajudou a Espanha a garantir vaga nas semifinais da Copa Davis. Nadal se juntou a Marcel Granollers para o jogo de duplas que decidiu o duelo contra a Argentina. Os espanhóis venceram Maximo Gonzalez e Leonardo Mayer por 6/4, 3/6 e 6/3. A partida de 2h26 terminou por volta de 1h da manhã pelo horário local.

Cinco vezes campeã da Davis, a Espanha não vence a competição desde 2011. Naquele ano, a final foi disputada justamente contra a Argentina, no saibro de Sevilha. Desde então, a Armada Espanhola ficou com o vice em 2012, chegou a ser rebaixada em 2014 após derrota para o Brasil em São Paulo, voltou ao Grupo Mundial e foi semifinalista no ano passado.

A temporada de 2019 marca a mudança no formato da Davis, que 18 países em quadra ao longo desta semana em Madri. A Espanha encara a Grã-Bretanha neste sábado, a partir das 13h30 (de Brasília). Os britânicos lideram o histórico de confrontos por 8 a 6, mas os espanhóis levaram a melhor no duelo mais recente, disputado no ano passado. A equipe britânica tem dez títulos de Davis, o último em 2015.

A outra semifinal será às 6h30 entre Canadá e Rússia. Houve apenas um confronto anterior entre os dois países, com vitória russa em 1969. Os canadenses buscam um título inédito na competição e tentam voltar à final da Davis depois de 106 anos. A melhor campanha do país foi uma final no longínquo 1913, antes da disputa do Challenge Round. Já a equipe da Rússia tem duas conquistas, em 2002 e 2006.

Rafael Nadal y una marca registrada ✅🇪🇸 pic.twitter.com/4569xW4TYz

A final da Davis acontece no domingo ao meio-dia (de Brasília). Existe a possibilidade de uma revanche entre Espanha e Rússia. As equipes se enfrentaram na última terça-feira pelo Grupo B da competição. Os espanhóis venceram a série por 2 a 1 e encaminharam a primeira posição no grupo, que ainda tinha a Croácia. Já o time russo, de Andrey Rublev e Karen Khachanov, conseguiu se classificar como um dos dois melhores segundos colocados. Foi por essa regra, também, que a Argentina conseguiu avançar.

Destaque na rodada desta sexta-feira, Nadal marcou sua sétima vitória em onze partidas de duplas pela Copa Davis. Ele também tem um retrospecto excepcional em simples. São 27 vitórias e apenas uma derrota, sofrida ainda em sua estreia, no ano de 2004. Nesta semana, o espanhol de 33 anos venceu três jogos de simples, sem perder sets ou ter o serviço quebrado. Já Granollers agora acumula seis vitórias e cinco derrotas em duplas pela competição.

Único país sul-americano a conquistar a Copa Davis, a Argentina se despede da competição. Os campeões de 2016 fizeram sua melhor campanha desde o título obtido há três temporadas.

Comentários