Notícias | Dia a dia
WTA define indicadas ao prêmio de jogadora do ano
22/11/2019 às 13h56

Número 1 do mundo, Barty é favorita na votação de jogadora do ano

Foto: Arquivo

Miami (EUA) - Com o término da temporada do circuito feminino, a WTA divulgou a lista de indicadas ao prêmio de Jogadora do Ano em 2019. Concorrem as cinco primeiras colocadas no ranking mundial, Ashleigh Barty, Karolina Pliskova, Naomi Osaka, Simona Halep e Bianca Andreescu. A escolha é feita por jornalistas e os resultados serão publicados no dia 11 de dezembro.

Líder do ranking mundial, Barty é favorita a ganhar o prêmio. A australiana de 23 anos iniciou a temporada no 15º lugar do ranking e teve como principais feitos a conquista de Roland Garros e a chegada à liderança do ranking. Já no fim do ano, foi campeã também no WTA Finals. Ela também conseguiu outros dois títulos importantes, em Miami e em Birmingham, e foi finalista em Pequim.

Número 2 do mundo, Pliskova foi a única das indicadas que ainda não tem um título de Grand Slam. Ainda assim, a tcheca de 27 anos fez temporada consistente, com quatro títulos. Ela foi campeã nas quadras duras de Brisbane e Zhengzhou, no saibro de Roma e na grama de Eastbourne, também foi finalista em Miami e semifinalista do Australian Open. Reconhida como grande sacadora, ela disparou 488 aces na temporada.

Naomi Osaka, de 22 anos, começou 2019 no quarto lugar e chegou à liderança depois de ser campeã do Australian Open. Depois de passar por duas trocas de técnico e voltar a treinar com o pai, Leonard François, a japonesa conquistou dois títulos seguidos na Ásia, em Osaka e em Pequim.

Simona Halep iniciou 2019 na liderança do ranking mundial e aparece atualmente no quarto lugar. O destaque fica para a conquista de seu segundo título de Grand Slam, em Wimbledon. A romena de 28 anos também foi finalista em Doha e em Madri, semifinalista em Miami e fez quartas em Roland Garros.

Já Bianca Andreescu foi uma das principais surpresas da temporada. A jovem canadense de 19 anos era apenas a número 152 do mundo no início de 2019, mas já estava no top 30 em março, depois de ser campeã de Indian Wells. No segundo semestre, foi campeã em Toronto e no US Open, chegando a ter 17 vitórias seguidas no circuito para entrar no top 5.

Também será escolhida a dupla do ano
As quatro parcerias campeãs de Grand Slam de 2019 foram indicadas como melhor dupla da temporada. A chinesa Shuai Zhang e a australiana Samantha Stosur triunfaram em Melbourne, a a húngara Timea Babos com a francesa Kristina Mladenovic venceram Roland Garros e o WTA Finals, a taiwanesa Su-Wei Hsieh e a tcheca Barbora Strycova foram campeãs de Wimbledon, enquanto a belga Elise Mertens e a bielorrussa Aryna Sabalenka ganharam Indian Wells, Miami e do US Open.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis