Notícias | Dia a dia
Wild fecha ano com disparada de quase 300 lugares
18/11/2019 às 12h35

Londres (Inglaterra) - Nesta segunda-feira foi divulgado o ranking que fecha oficialmente a temporada da ATP, coroando o espanhol Rafael Nadal pela quinta vez na carreira como o melhor do ano. Entre os brasileiros, o cearense Thiago Monteiro é o único que aparece no top 100. Ele ganhou uma colocação nesta última semana e agora é o 89º do mundo.

Monteiro termina 2019 assim, exatamente 20 posições acima daquela em que aparecia um ano atrás. Ele melhora um pouco a condição do Brasil na ATP, que no fim de 2018 não tinha um representante sequer no top 100. Porém, em um panorama geral a situação praticamente não mudou de um ano para cá.

O ranking que fechou a temporada passada não tinha um representante sequer do país no top 100 contra um agora; já no top 200 se mantiveram os mesmos dois tenistas, assim como seguiram os mesmos quatro representantes entre os 300 primeiros. Outra leve melhora veio no top 400, subindo de oito para dez jogadores do país nesta faixa.

Se em um recorte mais amplo pouco mudou, individualmente houve boas arrancadas, como a de João Menezes e a de Thiago Wild. O mineiro deu um salto de 158 lugares, fechando o ano na 190ª colocação. Por sua vez, o jovem paranaense teve uma disparada ainda maior, saindo da 513ª posição para a atual 215ª, figurando já como o terceiro melhor do país na ATP.

Também foram para cima o gaúcho Orlando Luz e o paulista Pedro Sakamoto. Orlandinho ganhou 70 colocações neste ano e fechou no 302º lugar, ao passo que o tenista de Guarulhos foi mais um com boa disparada, saindo do 468º posto para o atual 329º.

Na contramão aparecem os paulistas Thomaz Bellucci e Rogério Silva. O primeiro deles segue sem conseguir se reencontrar no circuito e acabou descendo do 247º lugar no fim do ano passado para o atual 324º. O experiente tenista de 35 anos também perdeu terreno e foi do 162º posto para o 239º nesta semana.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis