Notícias | Dia a dia | ATP Finals
Tsitsipas vira em cima de Thiem e conquista o Finals
17/11/2019 às 17h50

Stefanos Tsitsipas terminará sua excelente temporada como o sexto colocado do ranking

Foto: Arquivo

Londres (Inglaterra) - Sem jamais abrir mão de seu estilo agressivo, o grego Stefanos Tsitsipas outra vez mostrou tranquilidade, reagiu à perda do primeiro set e derrotou o austríaco Dominic Thiem para conquistar o ATP Finals aos 21 anos. O placar foi de 6/7 (6-8 no tiebreak), 6/2 e 7/6 (7-4), após 2h36 de muita emoção

Esta foi apenas a sexta final da carreira e a quarta da temporada para Tsitsipas, que conquistou os 250 de Marselha e Estoril e ficou com vices em Dubai, Madri e Pequim. Em sua melhor temporada, somou 54 vitórias em 79 jogos desde janeiro,  nove delas em cima de adversários de nível top 10.

Não menos importante, anotou dois feitos no primeiro semestre, ainda com 20 anos: tornou-se o tenista mais jovem a derrotar Roger Federer, Rafael Nadal e Novak Djokovic e também a superar Nadal no saibro.

Além do prêmio de US$ 2,65 milhões, Tsitsipas se torna o mais jovem campeão do Finals desde Lleyton Hewitt, então com 20 anos em 2001, e também o sétimo jogador a ganhar o torneio logo na estreia, repetindo Stan Smith (1970), Ilie Nastase (71), Guillermo Vilas (74), John McEnroe (78), Alex Corretja (98) e Grigor Dimitrov (2017).

Equilíbrio no primeiro set
O set inicial de 66 minutos foi decidido mesmo no detalhe. Thiem encarou três break-points, além de ter saído atrás em outros dois games, mas sempre reagiu com o primeiro serviço. Tsitsipas forçou devoluções e buscou sempre que pôde a rede, salvando-se no sétimo game quando ofereceu duas chances de quebra.

A decisão foi assim a um justo tiebreak. O austríaco saiu na frente, liderou por 5-2 mas cometeu um erro bobo da base - seu 10º de forehand - e cedeu o empate. Tsitsipas foi corajoso para impedir o primeiro set-point, mas então pareceu ceder ao nervosismo, sacou muito mal e bateu backhand torto e atrasado. Thiem fechou com saque milimétrico. O grego ganhou 12 dos 13 pontos na rede, mas o set todo viu apenas cinco lances longos, com mais de nove trocas de bola.

Thiem desanda
Talvez por conta do conhecido relaxamento de começo de segundo set, Thiem perdeu consistência e foi rapidamente engolido pela agressividade do adversário. Tsitsipas abriu 4/0 e aí não precisou de muito esforço para levar a decisão a um terceiro set.

O austríaco levou outro susto, tendo de brigar e arriscar logo no game inicial do terceiro set, vendo outra vez Tsitsipas muito oportuno nos games de devolução. Perdeu o saque em seguida em game de erros, mas o grego viveu seu pior momento na partida, cedeu a virada para 4/3 e passou a jogar sempre pressionado.

Os dois no entanto deram um show de qualidade e frieza sob pressão e a definição foi mesmo ao tiebreak. Erros de backhand de Thiem, um deles de meio de quadra, deu 4-1 ao adversário. Sem se apavorar, Thiem tirou os dois serviços seguintes com bolas profundas e empatou. Que jogo! Por fim, vieram dois forehands batidos muito em cima de linha e atrasados e Tsitsipas liquidou.

Comentários