Notícias | Dia a dia
Brasil Open promete seguir em nova data e formato
17/11/2019 às 09h34

O ginásio do Ibirapuera voltou a sediar o Brasil Open em 2018, mas o evento ficou pequeno para o lugar

Foto: Arquivo

São Paulo (SP) - A Associação Masculina (ATP) confirmou nesta semana a mudança de São Paulo para Santiago no calendário dos ATP 250 disputados sobre o saibro sul-americano para 2020, mas os promotores do Brasil Open afirmam que o evento continuará sob novo formato, agora em novembro.

"O Brasil Open, o torneio de tênis mais tradicional do país, vai completar sua 20ª edição em 2020 e trará novidades. O torneio mudará de data no próximo ano, com projeto já aprovado junto a Lei Federal de Incentivo ao Esporte e apto a ser captado", afirma texto divulgado na noite de sábado pela Koch Tavares, que criou o evento em 2001 na Costa do Sauípe.

A data do ATP 250 de São Paulo pertence à Octagon britânica, que recebeu proposta de promotores chilenos para alterar o local do torneio a partir de 2020, com apoio do governo local. Dessa forma, a sequência sobre o saibro sul-americano terá os 250 de Córdoba e Buenos Aires, na Argentina, seguidos pelo 500 do Rio de Janeiro e por fim o 250 de Santiago.

Segundo a Koch, a data de São Paulo após o Rio Open "criou uma concorrência direta do torneio paulistano com o ATP 500 de Acapulco e o ATP 500 de Dubai, ambos em quadra rápida, e antecedendo também o Masters 1000 de Indian Wells, motivando assim os principais jogadores do circuito a optarem por jogar em piso rápido na data do torneio brasileiro".

O Brasil Open será mantido em São Paulo e acontecerá na semana do dia 23 de novembro, portanto após o Finals de Londres, e ganhará novo formato, ainda não divulgado, mas provavelmente de nível challenger. "O projeto tem como objetivo dar mais oportunidade aos tenistas brasileiros, visando a democratização dos recursos aplicados e maior abrangência do projeto readequado à atual conjuntura do tênis nacional", finaliza o comunicado.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis