Notícias | Copa Davis
Canadá confia em Shapovalov e Aliassime na Davis
16/11/2019 às 10h14

Shapovalov é hoje o principal tenista canadense nos rankings de simples e de duplas

Foto: Arquivo

Madri (Espanha) - Apesar da desistência de última hora do experiente Milos Raonic, devido à contusão nas costas, o Canadá acredita que poderá lutar pelo título da Copa Davis. A fase final da centenária competição por países, agora com formato modificado, será disputada a partir de segunda-feira sobre quadra sintética coberta.

Os garotos Denis Shapovalov e Felix Aliassime, hoje entre os top 25 do ranking, são as apostas para os jogos de simples, mas Vasek Pospisil mostrou grande evolução depois da cirurgia que fez em janeiro e pode ser opção para as simples e titular nas duplas. O grupo tem ainda Brayden Schnur, 94º do ranking.

"Todos nossos tenistas podem derrotar os melhores do mundo, e isso é chave quando você está jogando a Davis", afirma o animado capitão Frank Dancevic. "Temos um grupo muito versátil e se conseguirmos mesclar isso da forma correta, teremos chance de ir longe", acredita o canhoto Shapovalov.

O Canadá estreia já nesta segunda-feira na fase de grupos da Davis, e enfrenta a Itália. No dia seguinte encaram os Estados Unidos na Caixa Mágica. O campeão de cada grupo e os dois melhores vices avançam para as quartas de final, que aí será disputada em sistema eliminatório.

"Mesmo jovens, nossos tenistas já tiveram experiência na Davis nos últimos anos e isso também será importante. Precisamos também de um pouco de sorte". O Canadá garantiu seu lugar na fase final da Davis ao derrotar a Eslováquia em janeiro por 3 a 2, com Shapovalov vencendo seus dois jogos de simples e Aliassime dando o ponto decisivo.

A Itália convocou Matteo Berrettini, FabioFognini, Simone Bolelli, Lorenzo Sonego e Andrea Seppi, um time muito respeitável, enquanto os norte-americanos terão Taylor Fritz, Reilly Opelka, Sam Querrey, Frances Tiafoe e Jack Sock.

Comentários