Notícias | Outros
Burzagli participa de curso de lideranças femininas
15/11/2019 às 13h42

Roberta Burzagli, capitã do time brasileiro da Fed Cup.

Foto: Daniel Kopatsch/ITF

Florianópolis (SC) – Em busca da formação de lideranças femininas no esporte, as federações internacionais de ciclismo, remo, rúgbi, tênis, triatlo e levantamento de peso estão trabalhando de forma conjunta no desenvolvimento as habilidades técnicas de algumas profissionais de grande potencial. No grupo de 24 mulheres, Roberta Burzagli - capitã do time brasileiro da Fed Cup -, é a única brasileira selecionada e uma das duas profissionais do tênis envolvidas com o projeto.

A primeira parte do projeto, que tem previsão de conclusão em dezembro de 2020, foi ministrada em Londres, entre 3 e 8 de novembro, na Universidade de Hertfordshire. O objetivo da Academia de Liderança Feminina no Esporte é aprimorar as habilidades e reforçar os pontos fortes das participantes e criar uma rede para apoiar essas treinadoras a alcançarem todo o seu potencial. Elas são incentivadas a trabalhar em seus países e regiões em cooperação com os Comitês Olímpicos Nacionais e Federações para ajudarem outras pessoas e aumentarem a conscientização sobre as mulheres que planejam se tornar treinadoras de elite.

"É um programa piloto, com profissionais de diferentes esportes, completamente voltado para mulheres. Fiquei muito feliz por ser uma das pessoas selecionadas e foi uma experiência muito boa neste encontro, pela oportunidade de trocar conhecimento com outras pessoas, de diferentes esportes, do mundo inteiro. Fomos colocadas em várias situações que nos tiravam da nossa zona de conforto, o que foi muito legal", destacou Roberta Burzagli.

Neste programa as treinadoras aprendem sobre o ensino de habilidade em um ambiente de alta performance; habilidades e estratégias de liderança; planejamento de carreira; processo de tomada de decisões dentro do esporte; técnicas de negociação e colaboração; entre outros assuntos.

A iniciativa das seis federações internacionais vai ao encontro do Projeto de Igualdade Entre os Gêneros do Comitê Olímpico Internacional. Uma das missões do COI é aumentar o número de treinadoras nos Jogos Olímpicos. Além de Roberta Burzagli, a ITF indicou a capitã da Lituânia na Fed Cup, Edita Liachoviciute.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis