Notícias | Dia a dia | ATP Finals
Melo: 'Fomos muito melhores que no jogo anterior'
14/11/2019 às 16h30

Melo e Kubot ficaram com a segunda posição do grupo e garantiram vaga na semifinal em Londres

Foto: Divulgação

Londres (Inglaterra) - Garantido na semifinal do ATP Finals, Marcelo Melo comemorou a classificação para a próxima fase da competição entre as oito melhores duplas da temporada. O representante brasileiro no torneio também acredita que sua parceria com o polonês Lukasz Kubot tem evoluído ao longo da semana.

"Estamos muito felizes em passar para a semi. Foi mais um bom jogo que fizemos", disse Melo após a vitória contra o norte-americano Rajeev Ram e o britânico Joe Salisbury por 6/7 (5-7), 6/4 e 10-7. "Foi muito melhor que na rodada anterior, pelo nível de energia que estávamos e a maneira como jogamos", acrescentou o mineiro ao lembrar a derrota da última terça-feira para o sul-africano Raven Klaasen e o neozelandês Michael Venus.

Precisando da vitória para avançar, Melo e Kubot começaram atrás no placar. Depois de perderem o primeiro set, eles também salvaram um break point no início da parcial seguinte e só conseguiriam a quebra já no décimo game do set. Já no tiebreak, consolidaram a vitória de virada. "Foi um jogo duríssimo, que é o que se deve esperar aqui no Finals. Conseguimos aproveitar uma boa chance no segundo set, para levar depois para o match tiebreak e, aí, acho que fomos bem superiores".

Marcelo Melo disputa o ATP Finals pela sétima vez na carreira, sendo o recordista entre os brasileiros, e ainda luta por um título inédito na competição. O mineiro de 36 anos já foi vice-campeão do torneio em duas oportunidades, a primeira ainda em 2014 com Ivan Dodig e a segunda em 2017 já ao lado de seu atual parceiro.

Com a segunda posição no Grupo Jonas Bjorkman, Melo e Kubot agora se preparam para enfrentar os primeiros colocados do Grupo Max Mirnyi, que terá sua útima rodada nesta sexta-feira. Os franceses Pierre-Hugues Herbert e Nicolas Mahut já estão classificados, mas ainda não confirmaram o primeiro lugar da chave. Ainda lutam pela classificação os alemães Kevin Krawietz e Andreas Mies, os colombianos Robert Farah e Juan Sebastian Cabal e a parceria do holandês Jean-Julien Rojer e com o romeno Horia Tecau.

Comentários