Notícias | Dia a dia | ATP Finals
Derrota complica busca de Djokovic pelo número 1
12/11/2019 às 21h19

Existem três cenários que possibilitam a volta do sérvio à liderança, mas dois deles são pouco prováveis

Foto: Arquivo

Londres (Inglaterra) - A derrota de Novak Djokovic para Dominic Thiem pela segunda rodada do ATP Finals nesta terça-feira dificultou a busca do sérvio pela liderança do ranking mundial. Djokovic já não depende mais dos próprios resultados e vai precisar torcer por derrotas do atual número 1 Rafael Nadal. A diferença entre eles no início do torneio era de 640 pontos.

A possibilidade mais concreta para Djokovic recuperar a primeira posição seria com ele campeão sem que Nadal alcance a final. Nesse cenário, o sérvio faria 1.300 pontos. Já o espanhol, que perdeu sua partida de estreia para Alexander Zverev, faria no máximo 400 pontos.

Outra chance para Djokovic voltar a ser número 1 do mundo seria o vice-campeonato em Londres com Nadal perdendo todos os três jogos da fase de grupos. Nesse cenário, o sérvio faria 800 pontos contra nenhum do rival. Caso o espanhol vença um jogo na primeira fase, já garante 200 pontos e obriga Djokovic a ser campeão do torneio para voltar à liderança.

Há ainda um cenário pouco provável com uma final entre Nadal e Djokovic valendo a liderança do ranking. Para isso acontecer, o espanhol teria que se classificar para a semifinal com apenas uma vitória na fase de grupos e vencer sua partida da fase seguinte. Dessa forma, o sérvio faria 1.300 pontos em caso de título contra 600 do espanhol.

Comentários