Notícias | Dia a dia | ATP Finals
Feliz com recuperação, Federer já pensa em Djokovic
12/11/2019 às 15h44

Federer perdeu os últimos quatro jogos que fez contra Djokovic no circuito

Foto: Divulgação

Londres (Inglaterra) - Dois dias depois de ter perdido sua partida de estreia no ATP Finals, quando foi superado pelo austríaco Dominic Thiem, Roger Federer conseguiu se recuperar na competição entre os oito melhores da temporada. O suíço saiu de quadra bastante satisfeito com seu desempenho na vitória sobre o italiano Matteo Berrettini.

"Estou muito feliz com a forma como joguei hoje. Sabia que Matteo seria um adversário difícil, já que ele tem um grande saque", disse Federer após a vitória por 7/6 (7-2) e 6/3. "Eu estava muito bem em meus games de serviço e acho que isso ajudou hoje. Espero continuar assim e talvez até jogar um pouco melhor na próxima partida", acrescenta o suíço, que disparou oito aces, salvou os três break points que enfrentou, liderou a contagem de winners por 23 a 21 e cometeu 17 erros, dez a menos que o rival.

"É incomum voltar a jogar no mesmo torneio depois de perder uma partida, mas eu também fiz isso no ano passado, então tenho alguma experiência", brincou o experiente jogador de 38 anos, que havia perdido para Kei Nishikori na estreia em 2018, mas se recuperou no torneio ao vencer Kevin Anderson e o próprio Dominic Thiem nas rodadas seguintes, antes de cair para Alexander Zverev na semi.

"Não há razão para ficar deprimido. Viemos aqui para jogar três partidas e dar tudo o que temos. Eu tive um dia de folga e há muitas maneiras de se livrar desses sentimentos negativos. Sair com meus filhos fez isso por mim. Eu estava pronto e preparado hoje. É isso que mais importa no momento", acrescentou o número 3 do mundo, que ainda luta por seu sétimo título no Finals.

Agora com uma vitória e uma derrota no Finals, Federer se prepara para enfrentar Novak Djokovic. Será o reencontro entre eles depois da final de Wimbledon, vencida pelo sérvio em batalha de quase cinco horas. Djokovic lidera o histórico de confrontos por 26 a 22, além de ter vencido os últimos cinco jogos.

"Já jogamos muitas partidas, então acho que só podemos esperar um grande jogo. Estou animado por jogar contra ele e para ver como ele vai jogar hoje à noite também. Isso certamente me dará mais informações sobre o que esperar. Mas, fora isso, acho que preciso me concentrar no meu jogo, no que faço de melhor. E, independentemente do que eu precisar fazer, espero jogar bem".

Comentários