Notícias | Dia a dia | ATP Finals
Nadal garante estar sem dor e continua no Finals
11/11/2019 às 20h39

Nadal enfrentará Medvedev na próxima quarta-feira pela segunda rodada do Finals

Foto: Divulgação

Londres (Inglaterra) - Depois de perder sua partida de estreia no ATP Finals, Rafael Nadal esclareceu que irá continuar no torneio entre os oito melhores da temporada. O número 1 do mundo disputou sua primeira partida depois de ter sofrido uma lesão abdominal durante o Masters 1000 de Paris, mas garante estar sem dor e que não irá desistir da competição.

"Não senti dor no abdome", disse Nadal após a derrota por 6/2 e 6/4. "O Sascha jogou bem e eu joguei mal, honestamente. Podemos encontrar razões ou desculpas, mas no final das contas, a única coisa que importa é que eu preciso jogar muito melhor depois de amanhã".

"Não tenho do que reclamar sobre a minha condição física. Estou sem dor. Essa é a única coisa positiva, honestamente. Fico feliz com a maneira como o abdome aguentou, e espero poder continuar assim, porque é verdade que não fui capaz de fazer muito esforço nessa parte do corpo desde o último sábado. A questão física não era uma desculpa. A única desculpa é que não fui bom o suficiente esta noite", explica o espanhol.

A principal queixa de Nadal quanto ao seu desempenho diz respeito à falta de ritmo de jogo, já que teve que alterar a rotina de treinamentos e até ajustar o movimento de saque. "É verdade que a preparação não foi a melhor e que me faltou um pouco de ritmo, o que implica diretamente no jogo".

"Faltou ritmo no saque e no segundo golpe. Faltava confiança para fazer um winner e faltava ritmo ao ler os pontos que realmente valem muito. Acho que o jogo aconteceu muito rápido e não consegui parar o que estava acontecendo", acrescenta o experiente jogador de 33 anos, que perdeu para Zverev pela primeira vez em seis jogos.

Nadal agora se prepara para enfrentar o russo Daniil Medvedev, número 4 do mundo, em reedição da final do US Open. O espanhol levou a melhor nos dois duelos realizados neste ano, nas finais em Nova York e em Montréal. A situação agora é diferente, já que os dois buscam a recuperação no Finals após derrotas na estreia. Medvedev foi superado pelo grego Stefanos Tsitsipas.

"Este torneio permite que você falhe e siga em frente. Tenho que aceitar o dia de hoje, aceitar que meus sentimentos em quadra não foram bons e fazer um bom treinamento amanhã. De qualquer forma, você precisa procurar energia para tentar se tornar competitivo no próximo jogo".

Comentários