Notícias | Dia a dia
Wild continua subindo e se aproxima do top 200
11/11/2019 às 11h43

Miami (EUA) - A ascensão do paranaense Thiago Wild ganhou mais um capítulo nesta segunda-feira. Depois de alcançar as semifinais no challenger de Montevidéu, o jovem tenista escalou mais uma vez no ranking e se firmou como número 3 do Brasil. Ele ganhou 20 posições e agora já é o 215º do mundo, cada vez mais perto de um inédito top 200.

Ocupando sua melhor colocação da carreira, Wild soma 235 pontos na ATP e está apenas 21 pontos distante do argentino Facundo Mena, que aparece no 200º posto. Como não jogará mais na temporada, o paranaense terá que adiar a luta por um lugar no top 200 para 2020.

Wild tem tudo para ao menos conseguir entrar direto na chave do qualificatório para o Australian Open do ano que vem, fazendo assim sua primeira aparição em um Grand Slam como profissional. Ele tem tudo para ficar com uma vaga, já que na atual temporada até o 260º do mundo acabou entrando no quali de Melbourne.

Segundo melhor do país, o mineiro João Menezes ganhou dois lugares na lista desta segunda e agora é o 189º do mundo, mais do que garantindo um lugar no quali do Australian Open. Por sua vez, o cearense Thiago Monteiro está com seu lugar na chave principal do primeiro Grand Slam do ano assegurado. Ele caiu duas colocações e figura no 90º posto.

O paulista Rogério Silva se manteve no 239º lugar e segue como o quarto melhor brasileiro. Na sequência aparecem os gaúchos Orlando Luz, que caiu duas posições e foi para o 294º posto, e Guilherme Clezar, que melhorou 13 colocações e foi para a 305ª.

Mais três representantes nacionais fecham a lista dos top 400: o paulista Thomaz Bellucci, que ganhou dois lugares e agora é o 321º do mundo, o também paulista Pedro Sakamoto, que melhorou sete colocações e subiu para a 334ª, e o gaúcho Oscar José Gutierrez, que perdeu um posto e agora é o 364º.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis