Notícias | Dia a dia | ATP Finals
Thiem se impõe e vence Federer pela 3ª vez no ano
10/11/2019 às 18h54

Thiem já havia derrotado Federer em Roma e em Indian Wells nesta temporada

Foto: Divulgação

Londres (Inglaterra) - Pela terceira vez na temporada Dominic Thiem venceu uma partida contra Roger Federer no circuito. Assim como já havia acontecido na final de Indian Wells e também no saibro de Roma, o austríaco levou a melhor sobre o suíço na rodada de estreia do ATP Finals. Thiem marcou um duplo 7/5 em 1h40 de partida.

Além das três vitórias seguidas contra Federer, Thiem amplia sua vantagem no histórico de confrontos. Ele venceu cinco dos sete jogos que fez contra o rival de 38 anos. A última vitória de Federer aconteceu justamente na fase de grupos do ATP Finals do ano passado.

O resultado também serviu para determinar quais serão os jogos da próxima terça-feira. Thiem enfrentará o sérvio Novak Djokovic, em partida que reúne os dois vencedores da primeira rodada do Grupo Bjorn Borg. Já o hexacampeão Federer busca sua recuperação diante do italiano Matteo Berrettini.

Thiem tem a chance de se classificar e até de confirmar o primeiro lugar do grupo já na próxima rodada. Para isso, ele teria que vencer Djokovic, contra quem tem três vitórias e seis derrotas, e contar com uma vitória de Federer sobre Berrettini. Nesse cenário, o sérvio e o suíço fariam um confronto-direto pelo segundo lugar do grupo na quinta-feira.

Vencedor de cinco títulos na temporada, Thiem marcou sua 47ª vitória em 2019. O austríaco de 26 anos faz sua quarta aparição consecutiva no ATP Finals e tenta passar pela fase de grupos pela primeira vez. Nas três participações anteriores ele sempre teve campanhas com uma vitória e duas derrotas.

Por sua vez, Federer perde sua partida de estreia no Finals pelo segundo ano seguido. Na temporada o suíço perdeu para Kei Nishikori, mas se recuperou ao vencer o próprio Thiem e também o sul-africano Kevin Anderson para chegar à semifinal. Ele acabou eliminado pelo alemão Alexander Zverev, que seria campeão do torneio.

Austríaco abriu vantagem logo cedo na partida
Logo no primeiro game da partida, Federer cometeu uma sucessão de erros, incluindo voleio fácil e dois forehands descalibrados, que já renderam uma quebra a favor do austríaco. Thiem se mostrava muito firme e confiante para bater na bola bem perto da linha de base para já abrir 2/0. Com uma postura mais conservadora nas devoluções, Federer conseguiu entrar nos pontos e buscar o empate por 2/2.

Pouco a pouco, Federer foi encontrando o melhor tempo de bola e conseguia ser mais agressivo, confirmando seus games com maior tranquilidade. Thiem também jogou muito bem quando estava pressionado e perdia por 5/4 e manteve o saque em um game complicado sem enfrentar break points. Logo na sequência, Federer voltou a cometer muitos erros de segunda bola, o que não vinha acontecendo desde o comecinho da partida e permitiu uma nova quebra de serviço. Thiem fechou o set com apenas quatro winners contra 12 do suíço, que liderava a contagem de erros por 10 a 7.

A segunda parcial vinha com maior domínio para os sacadores e Federer perdeu uma grande chance de quebra ainda no quarto game, quando não conseguiu ser tão agressivo no break point. O austríaco mostrou cabeça fria e conseguiu manter o saque. Federer vinha encarando games de saque cada vez mais longos, mas escapava com bons saques.

Já com o placar empatado por 5/5, o austríaco decidiu ser agressivo nas devoluções e buscou bolas profundas que valeram uma nova quebra. Sacando para o jogo, o austríaco salvou dois break points antes de confirmar a vitória. As estatísticas foram equilibradas, com 24 a 21 em winners para Federer e 22 erros não-forçados para cada lado.

Comentários