Notícias | Dia a dia
Reis é finalista em torneio mexicano no piso duro
09/11/2019 às 14h16

João Lucas Reis tenta conquistar seu segundo título profissional

Foto: Arquivo

Cancún (México) - O pernambucano de 19 anos João Lucas Reis garantiu vaga na final do ITF M15 disputado em quadras de piso duro em Cancún, no México. Reis, número 607 do mundo, superou neste sábado o norte-americano Nick Chappell, 571º do ranking, por 5/7, 6/1 e 6/3.

Vencedor de um torneio profissional de nível future, conquistado no ano passado em Curitiba, Reis disputará sua segunda final da temporada e a terceira na carreira. Ele enfrenta o 597º do ranking Colin Sinclair, jogador de 24 anos e natual das Ilhas Marianas do Norte.

Na atual temporada, Reis acumula 25 vitórias e 22 derrotas em torneios da ITF. Além das duas finais alcançadas, ele também disputou outras quatro semifinais. Seu melhor resultado em 2019 foi o vice-campeonato em Lambare, no Paraguai.

A boa campanha no México já está rendendo seis pontos no ranking, com possibilidade de 10 em caso de título. Reis tem como melhor marca da carreira o 554º lugar do ranking. Os pontos conquistados no México serão computados apenas em 18 de dezembro. Ainda assim, ele ainda não está subindo no ranking, já que desconta quatro pontos nesta segunda-feira e mais dois na semana seguinte.

Brasileiros caem nas semifinais de duplas
A rodada de semifinais de duplas não foi boa para os brasileiros. A parceria nacional formada por Eduardo Ribeiro e Fernando Yamacita perdeu para o irlandês Julian Bradley e o australiano Cameron Green por 6/3 e 6/4. Já Mateus Alves e o boliviano Alejandro Mendoza perderam por duplo 6/4 para os peruanos Arklon e Conner Huertas del Pino.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis