Notícias | Dia a dia
Wild tenta manter embalo e encara Munar na semi
09/11/2019 às 08h30

Wild está invicto há dez jogos e venceu 13 das últimas 14 partidas que disputou

Foto: Divulgação

Montevidéu (Uruguai) - Semifinalista do challenger de Montevidéu, Thiago Wild tenta dar continuidade ao bom momento que vive no circuito. Depois de conquistar seu primeiro título deste porte em Guayaquil e de alcançar o melhor ranking da carreira, no 235º lugar, o jovem jogador de 19 anos acumula dez vitórias seguidas no circuito.

"Foi mais um teste difícil. Dellien é um ótimo jogador. Hoje estava ventando, mas mantive o alto nível. Joguei bem e fiquei muito focado", disse Wild, depois de vencer o boliviano Hugo Dellien por 6/2 e 6/4 em apenas uma hora de partida na última sexta-feira. Foi sua segunda vitória seguida diante do atual número 75 do mundo. 

Em busca de sua segunda final seguida, Wild enfrenta o espanhol Jaume Munar, a partir das 19h (de Brasília) deste sábado. O confronto diante do rival de 22 anos e número 98 do mundo é inédito no circuito. "Agora tenho que me preparar bem para a semifinal. Munar é experiente e sólido. Tenho que entrar firme e determinado".

Nas últimas três semanas, Wild venceu 13 jogos em 14 possíveis. Antes da série invicta, ele também fez uma boa campanha no challenger de Lima, no Peru, onde chegou às quartas de final. "Mentalmente e fisicamente bem, estou enfrentando uma série de jogos, o que é bom para mim".

Wild minimizou o desgaste e o pouco tempo de adaptação. Sua estreia na capital uruguaia foi na noite de terça-feira, apenas dois dias depois do título no Equador. "Cheguei com meu treinador às 4h da manhã no hotel, viagem longa, fomos dormir às 5h. Tive somente uns 40 minutos para bater bola, mas joguei bem".

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis