Notícias | Dia a dia
Berrettini diz que Finals é sonho que virou realidade
08/11/2019 às 12h37

Londres (Inglaterra) - O italiano Matteo Berrettini será um dos três classificados para o ATP Finals deste ano que jogará a competição pela primeira vez. E logo em seu debute no torneio ele será o responsável por abrir a disputa em simples, enfrentando o sérvio Novak Djokovic neste domingo, às 11h (horário de Brasília).

“É um sonho que se tornou realidade e todo mundo me pergunta se a ficha já caiu. Contra Novak será difícil, muitas coisas em seu jogo me incomodam. Ele retorna muito bem, joga muito bem no backhand, então será uma partida muito difícil em termos de técnica e tática”, afirmou o italiano de 23 anos, que enfrentará Djokovic pela primeira vez no circuito.

Na atual temporada, Berrettini teve a oportunidade de enfrentar outros dois nomes de destaque no circuito, perdendo para o espanhol Rafael Nadal nas semifinais do US Open e também caindo diante do suíço Roger Federer nas oitavas de final em Wimbledon. O italiano lembrou do confronto com o atual número 3 do mundo e até brincou com a situação.

“Na rede, depois do jogo, eu deveria ter perguntado quanto deveria pagar pela lição de tênis que ele me deu”, ironizou o oitavo melhor do mundo, que comemorou seu desempenho em 2019. “Eu melhorei, meu nível aumentou”, garantiu Berrettini.

“Este ano foi muito importante sob todos os pontos de vista. Mentalmente consegui passar por momentos muito complicados e consegui também superar situações novas. Após ótimos resultados, você sente uma certa pressão e aparecem novas questões", finalizou o italiano, que conquistou dois de seus três títulos na carreira neste ano, triunfando em Budapeste e Stuttgart.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis