Notícias | Dia a dia
Em Londres, Djokovic busca novo recorde no Finals
08/11/2019 às 08h49

Londres (Inglaterra) - Segundo maior vencedor da história do ATP Finals, com suas cinco conquistas, o sérvio Novak Djokovic chega neste ano em Londres de olho em alcançar mais uma marca do suíço Roger Federer, que por enquanto é o tenista que mais venceu o torneio com suas seis taças, a última delas em 2011.

“Acho que todos aqui gostam muito de jogar tênis e estão preocupados em conseguir um bom desempenho. Fazer história neste grande esporte é um privilégio e uma grande motivação. Estou feliz em me ver na situação de lutar novamente por outra grande conquista”, afirmou o atual vice-líder do ranking.

Djokovic está empatado com o norte-americano Pete Sampras e com o tcheco naturalizado norte-americano Ivan Lendl na lista de maiores campeões do Finals. O sérvio levou os títulos em 2008, 2012, 2013, 2014 e 2015, além de ter disputado mais duas finais, ficando com o vice-campeonato em 2016 e no ano passado.

O sérvio não apenas persegue o recorde de Federer, mas também joga na Arena O2 de olho na ponta do ranking, disputando com o espanhol Rafael Nadal. Ele entra na competição precisando descontar 640 pontos de desvantagem e não depende apenas do seu próprio resultado para fechar o ano como número 1, igualando uma marca de Sampras.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis