Notícias | Dia a dia
Serena: 'Vou jogar enquanto Federer continuar'
05/11/2019 às 10h00

Nova York (EUA) - A aposentadoria não é um assunto recorrente apenas nas entrevistas do suíço Roger Federer, mas também nas da norte-americana Senena Williams. Ambos se mantêm no circuito com 38 anos de idade, seguem brigando pelos principais títulos e pelos lugares mais altos nos respectivos rankings.

Mais uma vez questionada sobre até quando pretende jogar, a caçula das irmãs Williams disse se inspirar no suíço. “Eu amo o que faço e quando estou em quadra, sinto que sou a melhor no que faço. Enquanto Roger Federer jogar eu também continuarei jogando”, brincou a norte-americana em entrevista para a Forbes.

Serena também falou sobre se inspirar também em esportistas de outras modalidades. “Atletas de todos os níveis, basquete, tênis e futebol estão jogando aos 40 anos. Isso nunca teria acontecido há uma década ou 20 anos atrás”, acrescentou a recordista de títulos de Grand Slam com suas 23 conquistas.

Leia mais: Serena perde para Federer em duelo de lendas na Hopman

“Faço parte de uma nova geração que teve a sorte de trabalhar com as melhores tecnologias e equipamentos e que soube como cuidar do seu corpo para assim se sentir muito mais jovem. Todo mundo diz isso, mas não fala do trabalho que dá”, comentou Serena.

A norte-americana reforçou a importância da preparação e principalmente do esforço para se dar bem como tenista. “Nunca fui a melhor jogadora ou a mais talentosa e nem de perto a mais alta. Você não precisa ser a mais inteligente e não precisa ter mais dinheiro, precisa apenas que abram as portas”, afirmou a ex-numero 1.

"Você tem então que ter a atitude e mostrar que vai ser aquela pessoa que irá trabalhar mais duro. É uma questão de dizer para si mesma que não vai deixar nada te parar e não irá desistir”, finalizou a caçula das irmãs Williams.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis