Notícias | Dia a dia
Matos vira o jogo no Uruguai e desafia favorito
04/11/2019 às 20h23

As quatro vitórias de Matos em torneios challenger foram conquistadas neste ano

Foto: Arquivo

Montevidéu (Uruguai) - Primeiro brasileiro a estrear no challenger de Montevidéu, Rafael Matos avançou no torneio disputado no saibro da capital uruguaia. O gaúcho de 23 anos e 469º do ranking derrotou o argentino Gonzalo Villanueva, 408º colocado, por 4/6, 6/0 e 6/2 em 1h40 de partida. Seu próximo rival será o cabeça 3 espanhol Jaume Munar, número 98 do mundo.

A vitória desta segunda-feira foi a quarta para Matos em chaves principais de nível challenger, tanto na temporada quanto na carreira. Ele havia vencido um jogo em Campinas e mais dois na chave de Lima, onde também havia passado pelo qualificatório. Na semana passada o canhoto gaúcho furou o quali em Guayaquil.

Atualmente no 469º lugar do ranking mundial, Matos atingiu a melhor marca da carreira em maio do ano passado, quando ocupou a 440ª posição. A vitória na estreia do torneio uruguaio vale três pontos na ATP. Além das recentes vitórias em challengers, Matos também venceu 38 jogos de future neste ano e disputou quatro finais.

Felipe Alves também avança na competição
Quem também estreou com vitória no torneio foi Felipe Meligeni Alves. O paulista de 21 anos e 396º do ranking venceu o jovem argentino de 18 anos e 481º colocado Facundo Diaz Acosta por 1/6, 6/1 e 6/4. Esta foi a sexta vitória em challengers na carreira de Felipe Alves e a quinta na temporada. Ele agora desafia o canhoto argentino Facundo Bagnis, número 138 do mundo e cabeça 8 do torneio.

Ainda nesta segunda-feira, o carioca de 27 anos Wilson Leite caiu na estreia da competição. O atual 464º do ranking também enfrentou um argentino e foi superado pelo 376º colocado Agustin Velotti, com parciais de 6/3, 2/6 e 6/3. 

Sant'Anna cai na estreia no Japão
Único brasileiro disputando o challenger de Kobe, no Japão, Bruno Sant'Anna não passou da estreia do torneio japonês em quadras de piso duro. O paulista de 26 anos e 405º do ranking perdeu para o jovem taiwanês de 18 anos Chun-Hsin Tseng por 6/3 e 6/0.

Sant'Anna ganhou cinco posições no ranking desta segunda-feira depois de ter atuado em Shenzhen, na China, na semana passada e vencido uma partida pelo challenger chinês. A melhor marca de sua carreira é a 337ª posição, alcançada em outubro de 2013.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis