Notícias | Dia a dia
Wild é 4º brasileiro mais jovem a ganhar challenger
04/11/2019 às 15h24

Guayaquil (Equador) - O título de Thiago Wild no challenger de Guayaquil no último domingo coloca o jogador de 19 anos entre os mais jovens brasileiros a conquistar um título de challenger. Apenas três jogadores do país conquistaram torneios deste porte com menos idade que o paranaense.

Nascido em março de 2000, Wild está com 19 anos e sete meses. Ele se tornou também o brasileiro mais jovem a vencer um torneio de nível challenger no exterior. A conquista no Equador rendeu 80 pontos na ATP e um salto de 76 posições no ranking para o atual 235º lugar.

O brasileiro mais jovem a ganhar um torneio challenger foi Jaime Oncins, aos 19 anos e um mês em julho de 1989, quando venceu um torneio deste porte na cidade paulista de Lins. Também em 1989, Roberto Jabali ganhou um challenger aos 19 anos e um mês na cidade de São Paulo.

O terceiro jogador brasileiro com menos de 20 anos a ganhar um título de challenger foi Guilherme Clezar. O gaúcho nascido em dezembro de 1992 tinha 19 anos e quatro meses ganhou ganhou o challenger do Rio Quente, em Goiás, na temporada 2012.

Entre esses brasileiros que conquistaram torneios deste porte com tão pouca idade, Oncins foi quem teve maior sucesso no circuito profissional. O atual capitão da equipe nacional da Copa Davis chegou a ser número 34 do mundo em simples, conquistando dois títulos de ATP e oito challengers, além de também vencer cinco torneios de duplas pela elite do circuito.

Jabali conquistou cinco títulos de nível challenger na carreira e chegou a vencer doze jogos de ATP. O melhor ranking de sua carreira foi o 130º lugar, alcançado em 1996. Já Guilherme Clezar segue em atividade aos 26 anos. Ele tem dois títulos de challenger, uma vitória na ATP e alcançou a 153ª posição no ranking.

Paranaense é um dos campeões mais jovens do circuito
Outra marca importante para Thiago Wild é que ele é o terceiro campeão de challenger mais jovem da temporada de 2019 no circuito. O italiano Jannik Sinner ganhou dois torneios aos 17 anos, em Bergamo e em Lexington. Já o espanhol Nicola Kuhn ganhou um challenger aos 19 anos e quatro meses em Segóvia.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis