Notícias | Dia a dia
Barty vira para cima de Pliskova e vai decidir o Finals
02/11/2019 às 12h35

Shenzhen (China) - A segunda semifinal deste sábado do WTA Finals foi ainda mais movimentada do que a primeira, que terminou com o abandono da suíça Belinda Bencic no terceiro set. Atual número 1 do mundo, a australiana Ashleigh Barty saiu atrás, mas buscou a virada e derrubou a tcheca Karolina Pliskova com parciais de 4/6, 6/2 e 6/3, depois de 1h55 de confronto.

Na decisão de domingo, a líder do ranking terá pela frente Elina Svitolina, que tenta o bicampeonato e vem embalada de nove vitórias seguidas na competição. Além do ótimo retrospecto recente no torneio, a ucraniana também entrará em quadra defendendo sua invencibilidade contra Barty, que perdeu todos os cinco duelos travados entre as duas, o último deles neste ano em Indian Wells.

Quatro dos cinco primeiros games da partida entre Barty e Pliskova tiveram pelo menos uma chance de quebra para quem estava devolvendo. Ao todo foram nove break-points, oito para a tcheca e somente um para a australiana, que acabou perdendo o serviço no quinto game e depois não conseguiu mais correr atrás do prejuízo, saindo atrás no placar.

Só que Barty não se abateu com a desvantagem e foi buscar a virada. Sua recuperação começou no quarto game da segunda parcial, quando bateu o saque de Pliskova para na sequência abrir 4/1. A australiana ainda anotou mais um break sobre a tcheca, fechou o set em 6/2 e deixou tudo igual.

O terceiro e decisivo set foi definido no detalhe. As sacadoras foram quase impecáveis na disputa e somente um break-point foi jogado. Um mínimo vacilo de Pliskova no sexto game acabou colocando seu saque em xeque, Barty não deixou a chance escapar e levou a melhor. A australiana então precisou apenas administrar a vantagem até o fim, fechando o jogo no terceiro match-point que teve.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis