Notícias | Dia a dia
Vitória de Shapovalov garante Berrettini no Finals
01/11/2019 às 17h08

Shapovalov tenta alcançar uma inédita final de Masters 1000 em sua carreira

Foto: Divulgação

Paris (França) - Apesar de contar com o apoio da torcida francesa, Gael Monfils não conseguiu vencer o jogo que poderia garantir sua classificação para o ATP Finals. O francês não repetiu o desempenho dos últimos dias e parou nas quartas de final do Masters 1000 de Paris, superado pelo canadense Denis Shapovalov por duplo 6/2 em apenas 59 minutos de partida.

Com a derrota, Monfils terminará o ano no décimo lugar do ranking. A última vaga para o Finals fica com o italiano de 23 anos Matteo Berrettini, que participará da competição pela primeira vez. Ele começou a temporada no 54º lugar do ranking, mas subiu muito com títulos na grama de Stuttgart e no saibro de Budapeste, além de semifinais no US Open e no Masters 1000 de Xangai e das oitavas em Wimbledon.

Berrettini será um dos três estreantes nesta edição do Finals, que acontece entre os dias 10 e 17 de novembro. Os outros debutantes são o grego Stefanos Tsitsipas e o russo Daniil Medvedev. Também se classificaram para o Finals Novak Djokovic, Rafael Nadal, Roger Federer, Dominic Thiem e o atual campeão Alexander Zverev. O primeiro da lista em caso de desistências é o espanhol Roberto Bautista Agut.

Shapovalov alcança quarta semifinal de Masters
Por sua vez, o jovem canadense Denis Shapovalov alcança a nona semifinal de ATP da carreira e a quarta em Masters 1000. Ele já havia conseguido boas campanhas em Montréal/2017, Madri/2018 e Miami/2019. Há duas semanas, o canhoto de 20 anos e atual 28º do ranking conquistou seu primeiro título no circuito, nas quadras duras e cobertas de Estocolmo.

O adversário de Shapovalov na semifinal virá do jogo entre Rafael Nadal e Jo-Wilfried Tsonga. O jovem canadense tem uma vitória e uma derrota contra Tsonga no circuito. Seu histórico contra Nadal também está empatado por 1 a 1. Caso enfrente o espanhol, número 2 do mundo, buscará a segunda vitória contra top 10 na semana, já que também eliminou o sexto colocado Alexander Zverev em Paris.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis