Notícias | Dia a dia
Djokovic se despedirá da liderança após exato 1 ano
28/10/2019 às 07h59

Paris (França) - Atual número 1 do mundo, o sérvio Novak Djokovic irá se despedir da liderança do ranking nesta semana. Independentemente do que aconteça no Masters 1000 de Paris, ele será ultrapassado pelo espanhol Rafael Nadal na lista da próxima segunda-feira, quando serão descontados também os pontos conquistados no ATP Finals do ano passado.

Vice-campeão em Londres em 2019, o sérvio ainda pode lutar pela liderança nestes dois últimos torneios da temporada. Contudo, não será nada fácil para ‘Nole’ descontar os 1.280 pontos que tem de desvantagem para o espanhol nestas duas semanas.

Djokovic vem liderando o ranking há exato um ano, chegando nesta segunda-feira a 52 semanas consecutivas na ponta, sua terceira maior sequência da carreira. Ele chegou a comandar a ATP por 53 semanas entre o dia 4 de julho de 2011 e o dia 8 de julho de 2012 e teve sua maior série entre 7 de julho de 2014 e 6 de novembro de 2016, ficando 122 semanas seguidas na liderança.

Ao todo, o sérvio soma 275 semanas como número 1 do mundo, terceira maior marca da história do ranking da ATP. Ele fica atrás apenas do norte-americano Pete Sampras, com suas 286 semanas, e do recordista Roger Federer, que ocupou o posto mais alto do circuito masculino durante 310 semanas, sendo 237 delas de uma só vez na maior série da ATP até então.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis