Notícias | Dia a dia
Judy Murray: 'Andy mal conseguia andar após o AO'
24/10/2019 às 11h59

Londres (Inglaterra) - A conquista do britânico Andy Murray no ATP 250 da Antuérpia, na semana passada, foi comemorada duplamente pela família, que acompanhou o drama do ex-número 1 do mundo antes de sua segunda cirurgia no quadril. Em entrevista ao jornal italiano La Gazzetta dello Sport, a mãe tenista lembrou das dificuldades pelas quais passou o filho.

Judy Murray começou falando da situação dura pela qual passou o filho após a eliminação no Australian Open. “Depois da partida, Andy estava com tantas dores que mal conseguia andar. Ele precisou esperar dois dias para pegar um voo de volta à Grã-Bretanha. Foi naquele momento que ele decidiu fazer uma nova cirurgia”, afirmou.

Leia mais: Murray terá consequências catastróficas, diz médico

“Era uma questão de qualidade de vida e ele não conseguiu lidar com isso por um longo tempo. Houve momentos em que ele não conseguia nem vestir as meias. Jogar tênis era a última prioridade. Ele teve uma recuperação lenta e ficou muito frustrado”, acrescentou a mãe do britânico.

Questionada sobre como foi ver Andy voltar a vencer um título na ATP, ela contou como acompanhou a final na Antuérpia. “Eu tinha uma garrafa de champanhe na frente da TV. Então enviei uma mensagem de áudio para contar como estava feliz e orgulhosa dele. Eu disse o quanto significa esse troféu, que veio através de muita perseverança e resiliência”, finalizou Judy.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis