Notícias | Dia a dia
Sock abandona challenger e pode ficar sem ranking
16/10/2019 às 18h03

Últimos pontos de Sock no ranking caem no Masters 1000 de Paris

Foto: Divulgação

Las Vegas (EUA) - Menos de dois anos depois de conquistar o título do Masters 1000 de Paris e alcançar a oitava posição do ranking mundial, Jack Sock corre risco de ficar zerado no ranking e não ter mais nenhum ponto na ATP. O norte-americano de 27 anos abandonou nesta quarta-feira seu jogo de estreia no challenger de Las Vegas. Ele perdia por 7/6 (9-7) e 1/0 para o grego vindo do quali Michail Pervolarakis, 449º colocado.

Atualmente no 217º lugar do ranking, Sock iniciou a semana com 225 pontos na ATP. Ele sofrerá um desconto de 45 pontos na próxima segunda-feira, referentes a uma campanha até as quartas de final do ATP 250 de Estocolmo do ano passado. Os outros 180 pontos foram obtidos no Masters 1000 de Paris de 2018, onde ele também chegou às quartas. Esses pontos serão debitados no dia 4 de novembro.

Na atual temporada, Sock perdeu na primeira rodada de todos os quatro torneios da ATP que disputou e também caiu na estreia de dois challengers. A única vez que ele comemorou uma vitória foi em partida contra o italiano Fabio Fognini pela Laver Cup. Até mesmo nas duplas, modalidade em que venceu três Grand Slam e foi número 2 do mundo, ele não tem conseguido bons resultados e aparece no 36º lugar.

Sock chegou a ficar seis meses sem jogar neste ano. Ele passou por uma cirurgia em fevereiro para reparar um dedo quebrado. Ele também já não havia tido bons resultados de simples em 2018, ano em que venceu só nove jogos no circuito.

Em recente entrevista ao site da ATP, o norte-americano afirmou que "2018 foi um ano para esquecer", mas via um aspecto positivo no afastamento. "Nunca é bom se machucar, mas poder passar esses meses me fizeram ter uma nova mentalidade e me fizeram gostar de praticar o esporte novamente. Isso me deixou empolgado para voltar ao circuito".

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis