Notícias | Dia a dia
Mães do circuito têm rumos opostos em Luxemburgo
14/10/2019 às 21h31

Mandy Minella não vence uma partida em Luxemburgo desde 2004

Foto: Divulgação

Luxemburgo (Luxemburgo) - Em uma segunda-feira com jogos longos pelo WTA de Luxemburgo, duas jogadoras que já são mães tiveram rumos opostos na competição. Enquanto a alemã Tatjana Maria avançou no torneio em quadras duras e cobertas, a anfitriã Mandy Minella se despediu mais uma vez na estreia.

Convidada pelos organizadores, Minella perdeu um duelo de 3h01 para a tcheca Denisa Allertova por 6/7 (7-9), 7/6 (7-5) e 7/6 (8-6). Embora seja presença frequente no WTA de Luxemburgo, Minella nunca venceu um jogo na chave principal do torneio. Suas últimas vitórias em seu país natal aconteceram ainda em 2004, quando ela disputava o qualificatório.

Desde 2007, a luxemburguesa quase sempre está no torneio. A exceção foi em 2017, quando sua filha estava prestes a nascer. Atual 168ª colocada no ranking aos 33 anos, Minella tem como melhor marca da carreira o 66º lugar. Já Allertova, apenas 247ª colocada, espera pela vencedora entre a francesa Chloe Pacquet e a cazaque Elena Rybakina.

Já Tatjana Maria derrotou a norte-americana Shelby Rogers por 6/3, 1/6 e 6/4. A alemã de 32 anos e 86ª do ranking é mãe desde 2013 e conquistou no ano passado seu primeiro título de WTA, na grama de Mallorca. Sua próxima rival no torneio virá do jogo entre a promessa americana de 15 anos Coco Gauff e a russa Anna Blinkova.

Uma das atrações desta terça-feira fica por conta da estreia de Marta Kostyuk, ucraniana de 17 anos e considerada uma das principais apostas da nova geração. Depois de passar pelo quali em Luxemburgo, a atual 162ª do ranking enfrentará a alemã Laura Siegemund, 79ª do ranking, a partir das 7h (de Brasília). Quem também estreia nesta terça-feira é a belga Elise Mertens, número 19 do mundo e principal nome do torneio, que enfrentará a lucky-loser suíça Stefanie Voegele.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis