Notícias | Dia a dia
Últimas vagas para Londres são disputadas por 20
14/10/2019 às 10h32

Zverev subiu bem nas duas últimas semanas e está mais perto de conseguir defender o título do Finals

Foto: Arquivo

Miami (EUA) - Atual campeão do ATP Finals, o alemão Alexander Zverev não teve uma temporada de tanto destaque em 2019, oscilou demais e teve alguns resultados decepcionantes. Correndo o risco de nem se classificar para defender o título, ele parece estar reencontrando o melhor tênis e vem em arrancada importante rumo a um lugar em Londres.

Duas semanas atrás Zverev era apenas o 11º na corrida para o Finals, mas então obteve duas grandes campanhas na temporada asiática, deu um salto e entrou na zona de classificação. Semifinalista no ATP 500 de Pequim e vice-campeão no Masters 1000 de Xangai, o alemão é agora o sétimo melhor de 2019 e está bem perto da vaga.

Com a classificação do grego Stefanos Tsitsipas assegurada na semana passada, só restaram mais dois lugares na disputa entre os oito melhores da temporada. Zverev pinta como o favorito a uma das duas vagas restantes com seus 2.855 pontos. Ele tem 370 de frente para o primeiro fora da zona de classificação, o espanhol Roberto Bautista.

Entre os dois está o italiano Matteo Berrettini, que com a campanha em Xangai subiu para a oitava colocação. Com ainda mais três torneios nesta temporada antes de Londres, um grupo de 20 jogadores está separado por 1.500 pontos, sendo que ainda estão 1.750 em jogo. Contudo, somente cinco estão a menos de 500 pontos da zona de classificação.

Além de Zverev, Berrettini e Bautista, os candidatos com mais chances de brigar por um lugar na Arena O2, ou seja, aqueles dentro desses 500 pontos de diferença, são o belga David Goffin, o italiano Fabio Fognini, o japonês Kei Nishikori e o francês Gael Monfils. Destes quatro, apenas o nipônico não joga nesta semana.

Goffin e Monfils tentam somar pontos no ATP 250 da Antuérpia, enquanto Fognini será o cabeça de chave 1 no ATP 250 de Estocolmo.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis