Notícias | Dia a dia
Medvedev tira Fognini e faz sua 12ª semi no ano
11/10/2019 às 07h50

Xangai (China) - O grande momento do russo Daniil Medvedev parece não ter mais fim. Nesta sexta-feira, ele se classificou para as semifinais do Masters 1000 de Xangai batendo o italiano Fabio Fognini em sets diretos, com parciais de 6/3 e 7/6 (7-4), alcançou a penúltima rodada de um torneio pela 12ª vez na temporada e agora tentará disputar sua sexta final consecutiva.

Para ampliar a sequência de decisões, Medvedev terá que superar o grego Stefanos Tsitsipas, que chegará embalado após uma grande vitória de virada para cima do número 1 do mundo, o sérvio Novak Djokovic. Porém, o russo terá o retrospecto todo a seu favor, uma vez que levou a melhor nos quatro embates anteriores entre eles.

Sacando muito bem, o russo cedeu apenas 11 pontos nos seus games de serviço e terminou o jogo com aproveitamento de 82%, fora os 12 aces anotados. Esse desempenho fez com que Medvedev não enfrentasse um break-point contra. Do outro lado, Fongnini acabou cedendo quatro chances de quebra ao rival e levou a pior em apenas uma delas.

A quebra solitária da partida veio no sexto game do primeiro set e definiu o vencedor desta parcial. Isso porque Medvedev foi impecável com o saque e perdeu apenas quatro pontos quando estava colocando a bola em jogo. Ele manteve a vantagem até o final e abriu 1 a 0 para cima do italiano.

O segundo set foi o mais equilibrado em relação ao placar, já que nas chances de quebra Medvedev foi superior e teve três contra nenhuma de Fognini. Só que nenhuma delas se concretizou e a definição foi para o tiebreak, em que o italiano chegou a abrir 2-0 com um mini-breal de frente, mas parou por aí e depois disso só venceu mais dois dos nove pontos seguintes em disputa.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis