Notícias | Dia a dia
Thiem saca muito bem e supera estreia em Xangai
09/10/2019 às 11h16

Xangai (China) - Cabeça de chave número 4, o austríaco Dominic Thiem não teve moleza em seu primeiro jogo no Masters 1000 de Xangai. Estreando direto na segunda rodada, ele mediu forças com o espanhol Pablo Carreño e apesar da vitória em sets diretos, precisou de quase duas horas para avançar, marcando parciais de 7/6 (7-3) e 6/3.

O primeiro set da partida foi o mais duro e disputado e só foi encerrado após 69 minutos de disputa. De um lado, Thiem perdeu dois break-points no quinto game e mais três no nono, ao passo que do outro Carreño teve três set-points com o saque do rival no 10º, mas também não conseguiu aproveitá-los e a definição ficou para o tiebreak, em que o austríaco foi mais firme e levou a melhor.

Thiem começou a segunda parcial perfeito no saque e venceu seus dois primeiros games de serviço de zero. No sexto game, o austríaco teve sua única chance de quebra e não a deixou passar. Logo em seguida, Carreño também teve um break-point a seu favor, mas não teve a mesma sorte, perdeu sua única oportunidade de devolver a desvantagem e seguiu atrás no placar até o final.

Na terceira rodada, o austríaco enfrentará o georgiano Nikoloz Basilashvili, cabeça de chave número 15, que já deixou pelo caminho o moldávio Radu Albot e o francês Benoit Paire. Será a segunda vez que eles se cruzam pelo circuito e Thiem tentará agora devolver a derrota sofrida dois anos atrás no piso duro do ATP 250 de Sófia.

Com 77% de aproveitamento nos pontos disputados com o saque, Thiem se mostrou afiado no fundamento nesta quarta-feira. Ele ainda anotou 11 aces e não cometeu uma dupla falta sequer, salvando os quatro break-points que enfrentou. Carreño venceu 63% dos pontos com o seu serviço, somando cinco aces e uma dupla falta.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis