Notícias | Dia a dia
Tsitsipas luta e enfim consegue derrotar Aliassime
09/10/2019 às 08h04

Tsitsipas se aproxima dos 3.500 pontos na temporada e com isso a vaga no Finals pode surgir anda em Xangai

Foto: Divulgação

Xangai (China) - Depois de duas derrotas como profissional e outras três no circuito juvenil, o grego Stefanos Tsitsipas finalmente conseguiu a primeira vitória em cima do canadense Felix Auger-Aliassime. E não foi fácil: o cabeça 6 precisou de dois tiebreaks para avançar às oitavas de final do Masters de Xangai, com parciais idênticas de 7-3 e em jogo de 2h03.

"Sabia que seria um jogo duro, e foi muito difícil", afirmou Tsitsipas, que havia perdido para o canadense em Indian Wells e Queen's nos últimos meses e saiu tão frustrado da última derrota que chegou a dizer que jamais ganharia de Aliassime. "Acredito que entrei extremamente concentrado em quadra, coloquei tudo na partida e consegui manter o padrão até o fim!".

Seu adversário agora será o polonês Hubert Kurkacz, que tirou o francês Gael Monfils na rodada anterior. Os dois já se enfrentaram quatro vezes neste ano, com vitórias do grego em Marselha, Dubai e repescagem da Copa Davis, tendo sido superado em Montréal.

Na partida desta quarta-feira, Tsitsipas quebrou logo no quarto game e teve um lance para ir a 4/1, mas Aliassime reagiu na hora certa com golpes agressivos. O canadense evitou dois set-poits no 15-40 do 5/6 graças a excelentes serviços, mas só equilibrou o primeiro tiebreak até 3-3.

Os dois jogadores foram firmes com o serviço ao longo do segundo set, a ponto de Aliassime ganhar 13 lances consecutivos. Outra vez, a maior chance coube a Tsitsipas, que chegou a break-point no 5/5, quando então devolveu na rede. No novo tiebreak, Aliassime repetiu o anterior e parou no 3-3.

Ao anotar a 43ª vitória da temporada em 54 partidas disputadas, incluindo títulos em Marselha e Estoril, o grego está cada vez mais perto da vaga inédita no Finals de Londres. "Sei que para colocar meu nome entre os grandes e chegar aos títulos de peso, terei de sofrer muito. Mas estou muito, muito entusiasmado com essa ideia", afirma ele, que chegou a sua segunda final de nível Masters em Madri deste ano, perdendo para Novak Djokovic, seu possível adversário de quartas de final em Xangai.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis