Notícias | Dia a dia
Del Potro despenca no ranking e sai do top 100
07/10/2019 às 14h35

Miami (EUA) - Depois de mais de três anos o argentino Juan Martin del Potro deixou o top 100 da ATP. Ele defendia 300 pontos na semana passada pelo vice-campeonato do ATP 500 de Pequim e com a queda desses pontos quem sofreu foi seu ranking. O tenista de Tandil despencou 33 posições e agora aparece apenas no 103º lugar.

A última vez que Del Potro esteve tão mal colocado foi na lista divulgada em 28 de agosto de 2016, quando então figurava no 142º posto, subindo para o 64º na semana seguinte para depois disso permanecer entre os 100 melhores do mundo até agora.

O argentino não vem em uma boa temporada, muito em função dos problemas físicos. Desta vez o vilão não é um dos punhos, que já passaram por algumas cirurgias, mas sim o joelho direito, que o atrapalha há quase um ano, quando sofreu uma queda nas oitavas de final do Masters 1000 de Xangai contra o croata Borna Coric e acabou fraturando a patela.

Por causa disso ele encerrou mais cedo a temporada de 2018 e só foi dar a largada na atual temporada no meio de fevereiro, no ATP 250 de Delray Beach. Ainda convivendo com dores no joelho, ele jogou pouco neste ano e depois de abandonar o ATP 500 de Queen’s no meio, ele resolveu passar por uma operação com o médico do espanhol Rafael Nadal e não joga desde então.

Em 2019 foram apenas cinco os torneios para Delpo, somando oito vitórias e quatro derrotas. Sua maior sequência vitoriosa aconteceu em Roland Garros, onde passou por três rodadas e foi parar apenas nas oitavas, caindo diante do russo Karen Khachanov. Destaque também para as quartas de final no Masters 1000 de Roma e em Delray Beach.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis