Notícias | Dia a dia
Murray busca virada e supera a estreia em Xangai
07/10/2019 às 10h20

Xangai (China) - A estreia do britânico Andy Murray no Masters 1000 de Xangai foi sofrida, mas depois de sair perdendo para o argentino Juan Ignacio Londero, ele se recuperou e venceu os dois últimos sets, fechando o jogo com o placar final de 2/6, 6/2 e 6/3, após 2h17 de confronto.

Atual 289 do mundo, Murray recuperou 214 colocações com as duas vitórias na semana passada no ATP 500 de Xangai. Este novo triunfo em solo chinês o fará conseguir mais algumas colocações no ranking, subindo provisoriamente para o 242º lugar.

Uma nova vitória deixará o escocês bem perto do top 200, mas para isso ele terá que superar o italiano Fabio Fognini, que mais cedo fez valer a condição de cabeça de chave número 10 e despachou o norte-americano Sam Querrey em sets diretos.

Brigando por uma das últimas vagas no ATP Finals de Londres, o italiano terá que superar o retrospecto negativo contra Murray, que venceu quatro dos sete embates anteriores. Os dois se enfrentam já na terça-feira, às 6h30 (horário de Brasília).

Murray sofreu para confirmar seu primeiro game de serviço, precisou de 14 minutos e salvou três break-points para fazer 1/0. Após desperdiçar três chances de quebra no quarto game, ele acabou quebrado no quinto e viu a situação se repetir no sétimo.

O placar negativo não abalou o escocês, que abriu a segunda parcial com 3/0. Depois de deixar escapar dois break-points, um no quarto game e outro no sexto, Murray conquistou nova quebra e fechou o set no oitavo, empatando o confronto.

No terceiro e decisivo set, a definição veio entre o quarto game e o sexto, com três quebras seguidas. Murray levou a melhor e saiu com 4/2 e saque, precisando apenas administrar a vantagem para avançar. Ele então confirmou os dois serviços que faltavam e assim concretizou a virada.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis