Notícias | Dia a dia
Djokovic confirma título e o número 1 em Tóquio
06/10/2019 às 07h01

Novak Djokovic venceu com autoridade no mesmo palco dos Jogos Olímpicos do próximo ano

Foto: ATP

Tóquio (Japão) - A semana perfeita de Novak Djokovic terminou neste domingo com o título no ATP 500 de Tóquio e a garantia de permanecer na liderança do ranking pelo menos até o Masters de Paris, dentro de quatro semanas.

Vindo de contusão e abandono no US Open por conta de um ombro problemático, o sérvio não perdeu sets na semana e cedeu apenas 15 games nos seus três últimos jogos. Neste domingo, passou com facilidade pelo australiano John Millman, vindo do qualificatório, por 6/3 e 6/2.

Na 110ª final de sua notável carreira, Djokovic ergueu o 76º troféu e o quarto da temporada, em que foi campeão também em Wimbledon, Australian Open e Madri, além do vice em Roma. Também foi a 10ª vez em que Nole conquista um evento logo em sua estreia.

Ao atingir em Tóquio o total de 10.365 pontos no ranking, ele também se garante na ponta independente da campanha no Masters de Xangai da próxima semana, onde defende 1.000 pontos pelo título de 2018. Ele no entanto está agora 1.145 à frente do espanhol Rafael Nadal, que não disputará o torneio.

Vitória categórica
Uma curtinha e um voleio foram armas para obter quebra logo no quarto game da final deste domingo, o que deu ao cabeça 1 a vantagem de 3/1. Não deu qualquer chance de quebra e caminhou para a vitória parcial com 5 aces e 85% de pontos vencidos com o primeiro saque.

A falta de maior potência dos golpes e a inferioridade nos duelos da base ficaram ainda mais evidentes no segundo set, que viu Djokovic saltar a 4/0 para liquidar a partida em apenas 69 minutos e embolsar a quantia de US$ 391.430.

Millman, que precisou salvar três match-points na primeira rodada do quali, tentava se tornar o primeiro jogador saído da fase prévia a ganhar um ATP na temporada.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis