Notícias | Dia a dia
Três brasileiros decidem as duplas em Campinas
05/10/2019 às 17h41

Romboli (à dir.) busca outro título de challenger

Foto: João Pires

Campinas (SP) - Fernando Romboli confirmou a condição de cabeça 1 e terá mais um chance de levantar o troféu do Campeonato Internacional de Tênis. Em uma partida muito equilibrada, ele e o mexicano Miguel Angel Reyes avançaram à decisão com vitória sobre o campineiro Felipe Meligeni Alves e o venezuelano Luis David Martinez de virada, com parciais de 6/7 (4-7), 7/6 (7-5) e 10-7.

A final acontece neste domingo, após a decisão de simples, prevista para 11h, com entrada gratuita do público na Sociedade Hípica de Campinas.

Em busca do 14º título de challenger na carreira e o 6º na temporada, Romboli terá pela frente os gaúchos Orlando Luz e Rafael Matos. “Conheço os dois muito bem, vai ser mais um jogo duro. Eles estão acostumados a jogar juntos, isso é bem importante”. Orlandinho e Matos já conquistaram sete futures juntos em 2019.

Argentino e peruano nas simples
Já a chave de simples de Campinas terá o nono campeão diferente em nove edições. Sem perder sets em cinco rodadas, o argentino Juan Pablo Ficovich e o peruano Juan Pablo Varillas vivem a melhor semana no circuito e jogarão por 80 pontos no ranking mundial e premiação de US$ 7,2 mil.

Em sua primeira semifinal de challenger, Ficovich esteve sempre à frente no placar e impediu a 9ª vitória consecutiva do indiano Sumit Nagal, cabeça 6, marcando 6/4 e 6/1. O 325º do ranking mundial vai saltar ao menos 60 posições e marcar novo recorde pessoal na lista da ATP. Se for campeão, chegará perto do 230º posto.

Ficovich conquistou dois futures no Brasil em junho e com a campanha em Campinas venceu os últimos 30 sets que disputou no país. “Não sei o que acontece, me sinto muito bem aqui. Minha mãe é brasileira, então um pouco de sangue brasileiro eu tenho”, brinca o argentino. “Estou muito bem de cabeça e também batendo mais forte na bola”.

Assim como Ficovich, Varillas entrará no top 300 de maneira inédita com os 48 pontos garantidos pela decisão em Campinas. O peruano de 23 anos e atual 332º do mundo não enfrentou break-points neste sábado e eliminou o argentino Federico Coria, cabeça 5, com parciais de 6/0 e 6/4.

“Vai ser uma partida dura, treinamos muitas semanas juntos. Ele é muito agressivo, saca muito forte, também devolve muito bem. É sempre muito bom jogar com um grande público e temos que aproveitar essas oportunidades que não temos sempre”, afirmou Varillas.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis