Notícias | Dia a dia
Em duelo emocionante, Tsitsipas derrota Zverev
05/10/2019 às 13h14

Tsitsipas fica cada vez mais perto da classifricação para o Finals de Londres

Foto: Arquivo

Pequim (China) - No duelo de nova geração da segunda semifinal do ATP 500 de Pequim, não faltaram emoções. Stefanos Tsitsipas e Alexander Zverev fizeram um duelo cheio de alternâncias, que acabou por premiar a maior agressividade do grego, que avançou à decisão com o placar de 7/6 (8-6) e 6/4. Seu adversário às 8h30 de domingo será o austríaco Dominic Thiem, que mais cedo virou contra o russo Karen Khachanov.

Com 42 vitórias em 62 jogos nesta temporada, o grego de 21 anos atinge sua quinta final e buscará o terceiro título para se juntar aos de Marselha e Estoril. Na carreira, o grego tem oito decisões e três conquistas (Estocolmo do ano passado foi a primeira).

Esta foi também sua quarta vitória em oito duelos diante de adversários de nível top 10 e a terceira consecutiva em quatro confrontos diante de Zverev, repetindo Toronto do ano passado e Madri de maio.

Todos os cinco duelos entre Tsitsipas e Thiem aconteceram em 2018, com três vitórias do austríaco (Doha, Indian Wells e Roland Garros) e duas do grego (Barcelona e Montréal).

Jogo cheio de emoção
Os dois jogadores tentaram se impor ao longo do primeiro usando, usando principalmente o primeiro saque para tentar um ataque logo de início. O alemão se deu melhor, abriu 3/1, mas aí passou a cometer uma sucessão de erros que lhe custaram quatro games consecutivos e uma raquete destruída. Mas o grego também não confirmou quando sacou com 5/4. O tiebreak foi outra gangorra. Tsitsipas fez 2-0, alemão virou para 6-3 e desperdiçou os três set-points até o grego enfim finalizar.

Zverev pareceu sentir o golpe e fez um segundo set bem abaixo, cedendo serviços e vendo o adversário chegar a 5/1 e ter dois match-points em seguida. Não fechou, perdendo então o serviço com 5/3 e Zverev grudou, pedindo apoio do público. Com 40-0, Tsitsipas ainda perdeu mais três match-points antes de enfim concluir a tarefa de 1h51 de batalha

Apesar da derrota, Zverev deu um bom salto no ranking da temporada e chegou ao oitavo lugar, ou seja, na faixa dos que se classificam para o Finals de Londres. Ele será cabeça 4 em Xangai na próxima semana e estreará diretamente na segunda rodada.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis