Notícias | Dia a dia
Barty salva match-point e decide título em Pequim
05/10/2019 às 08h35

Com a campanha até aqui, Barty abre mais de 1.000 pontos de vantagem sobre Pliskova no ranking

Foto: Arquivo

Pequim (China) - A líder do ranking Ashleigh Barty precisou de enorme esforço e muita frieza para evitar a derrota e atingir sua quinta final da temporada. A australiana chegou a salvar um match-point antes de eliminar a holandesa Kiki Bertens em longo dudelo de 2h19 e parciais de 6/3, 3/6 e 7/6 (9-7).

A adversária da final sairá do encontro ainda a ser disputado neste sábado entre a japonesa Naomi Osaka e a dinamarquesa Caroline Wozniacki.

Barty já conquistou neste ano os títulos de Miami, Roland Garros e Birmingham, portanto em três superfícies distintas, além de ter sido finalista em Sydney. No total, a australiana tem seis títulos na carreira, sendo dois no ano passado e outro em 2017.

Para marcar sua quinta vitória em cima de Bertens, a australiana outra vez teve muito trabalho. Obteve quebra precoce no começo da partida, mas só confirmou após seis set-points. Aí foi a vez de Bertens assumir o controle do jogo, tendo 5/3 no terceiro set.

Mas na hora de sacar para ir à final, Bertens falhou e permitiu o empate. Esteve quase sempre à frente no tiebreak - 3-0, depois 4-3 e 5-4 -, mas as duas sentiam clara dificuldade em manter os serviços. Sacou com 7-6, porém Barty mostrou frieza e ganhou os três pontos seguintes.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis