Notícias | Dia a dia
Djoko: 'Uma de minhas melhores partidas no ano'
04/10/2019 às 14h15

Tóquio (Japão) - A vitória arrasadora sobre o francês Lucas Pouille deixou o sérvio Novak Djokovic bastante satisfeito com o desempenho mostrado no duelo válido pelas quartas de final do ATP 500 de Tóquio. Ele se empolgou com o tênis mostrado nesta sexta-feira e o classificou como um dos melhores da temporada.

“Definitivamente foi uma das melhores partidas que joguei neste ano. E veio no momento certo”, comentou o número 1 do mundo, que gastou apenas 50 minutos para despachar Pouille em sets diretos, cedendo somente três games ao rival, que segue sem conseguir derrubar Djokovic, amargando a terceira derrota em três encontros, desta vez com placar final de 6/1 e 6/2.

O grande desempenho do sérvio fez com que Pouille praticamente não tivesse chances no decorrer do confronto. “Acho que Lucas estava jogando muito bem nas primeiras partidas deste torneio. Eu vi seu jogo dias atrás contra Nishioka e ele foi muito bem”, observou o sérvio de 32 anos.

“Consegui tirar seu tempo, saquei muito bem e consegui muitos aces. Também estava afiado nas devoluções e aproveitei todas as oportunidades que tive. Foi um desempenho realmente perfeito”, observou Djokovic, que terminou a partida com oito aces, aproveitamento de 78% com o saque e 61% nas devoluções.

Nas semifinais o tenista de Belgrado medirá forças com o belga David Goffin, que um pouco mais tarde derrotou o jovem sul-coreano Hyeon Chung e garantiu o embate com o número 1 do mundo nas semifinais. “Goffin está em forma, fez final em Cincinnati e está subindo de novo no ranking”, comentou Djokovic.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis