Notícias | Dia a dia
'Fiz grande jogo do começo ao fim', analisa Djokovic
01/10/2019 às 14h03

Tóquio (Japão) - O sérvio Novak Djokovic saiu satisfeito de seu primeiro compromisso em simples no ATP 500 de Tóquio. Cabeça de chave número 1 no torneio, ele abriu campanha nesta terça-feira batendo o quali australiano Alexei Popyrin por 6/4 e 6/2, mostrando firmeza no ombro esquerdo que o tirou de ação no último US Open.

“Acho que fiz um grande jogo desde o começo até o final, fui consistente e mostrei uma boa intensidade. O ombro está bom, não senti nada nos últimos dias e também na partida de hoje. Estou muito feliz por estar saudável”, analisou o número 1 do mundo, que nesta semana se tornou o terceiro maior líder do ranking da história da ATP.

Firme nos serviços, Djokovic não sofreu quebras e conseguiu bater o saque do rival em três oportunidades, destacando a primeira delas. “Tive poucas chances nos seus games de serviço durante o primeiro set. Consegui uma quebra importante no 4/4 e isso definitivamente me ajudou bastante”, comentou o sérvio.

“Aproveitei então para elevar o nível. Na segunda parcial, fui muito bem na reta final e fico feliz com meu desempenho”, destacou Djokovic, que venceu cinco games seguidos para fechar o jogo contra o jovem australiano de 20 anos saído do quali. “Foi a primeira vez que o enfrentei, um cara com um grande saque e bom jogo do fundo de quadra”, finalizou.

O próximo adversário de ‘Nole’ será o japonês de 35 anos e atual 133 do mundo Go Soeda. A partida acontece já na madrugada desta quarta-feira, por volta das 2h (de Brasília). Soeda estreou vencendo o alemão Jan-Lennard Struff e assim finalmente venceu a primeira na chave principal de Tóquio, onde havia perdido seus 12 primeiros jogos.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis