Notícias | Dia a dia
Challenger de Barcelona testa desafio no saibro
01/10/2019 às 13h51
Publicidade
Publicidade

Barcelona (Espanha) - O challenger de Barcelona apresenta uma novidade para o público nesta semana. O torneio espanhol está testando uma tecnologia de revisão eletrônica para que os jogadores possam desafiar marcações da arbitragem. Uma das primeiras partidas que utilizou esse recurso foi a vitória do espanhol Alejandro Moro Canas sobre o sueco Markus Eriksson por 6/3 e 6/2 na última segunda-feira.

O sistema do desafio já está presente nos torneios de tênis desde 2006, mas historicamente ele não é utilizado no saibro, já que normalmente a bola deixa marca na quadra que pode ser identificada pelo árbitro.

Para viabilizar o desafio no saibro, a empresa espanhola Foxtenn utiliza o sistema Real Bounce, concorrente do já consolidado Hawk-Eye. O sistema já está sendo utilizado em torneios da elite do circuito no piso duro como o WTA Premier de Wuhan e o ATP 500 de Tóquio nas últimas semanas.

Ao contrário do Hawk-Eye, que é um sistema que recria a trajetória mais provável da bola, baseado em triangulação de dados com precisão milimétrica do sistema, o sistema da Foxtenn baseia-se na trajetória real da bola, com o uso de 40 câmeras de ultra-alta velocidade sincronizadas a laser, capaz de gerar 2.500 imagens cada, para um sistema que poderá analisar mais de 150.000 imagens por segundo.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis