Notícias | Dia a dia
Ostapenko surpreende e derruba Pliskova em Pequim
28/09/2019 às 10h27

Ostapenko venceu uma top 10 pela segunda vez na temporada

Foto: Divulgação

Pequim (China) - O primeiro dia de disputas no torneio Premier Mandatory da WTA em Pequim já teve uma surpresa. Mesmo em uma temporada com poucos resultados expressivos, Jelena Ostapenko conseguiu uma grande vitória sobre a número 2 do mundo Karolina Pliskova. Campeã de Roland Garros em 2017 e ex-top 5, a atual 74ª do ranking lutou por 2h26 e venceu por 7/5, 3/6 e 7/5.

Com Osaka e Andreescu, Pequim terá nove top 10

Esta foi apenas a 18ª vitória de Ostapenko na temporada. A letã de 22 anos tem como principal feito em 2019 uma campanha até as quartas de final na grama de Birmingham. Também na grama havia vencido seu último jogo contra top 10, diante de Sloane Stephens em Eastbourne. Esta foi a décima vitória contra top 10 na carreira de Ostapenko, a segunda na temporada.

Ostapenko enfrentará mais uma jogadora tcheca na segunda rodada. Ela duela com Katerina Siniakova, 41ª colocada, que marcou um duplo 6/2 contra a convidada chinesa de 18 anos e 136ª do ranking Xiyu Wang. O confronto entre Ostapenko e Siniakova é inédito no circuito.

O resultado também atrapalha a busca de Pliskova pela liderança do ranking. A tcheca de 27 anos já esteve na primeira posição por oito semanas em 2017. Ela é a principal perseguidora da atual número 1 Ashleigh Barty e tinha chances de ultrapassá-la na última semana, em Wuhan. Pliskova perdeu para Ostapenko pela segunda vez em cinco confrontos.

Partida deste sábado teve altos e baixos
Aconteceu de tudo no duelo deste sábado. Cada jogadora disparou dez aces e conquistou seis quebras de serviço. Ostapenko teve incríveis 24 break points contra uma das melhores sacadoras do circuito, enquanto Pliskova teve apenas nove chances de quebra. A letã também cometeu 25 duplas-faltas contra sete da tcheca, liderou a contagem de winners por 47 a 32 e cometeu 53 erros contra 44 da rival.

Pliskova esteve três vezes com uma quebra acima no primeiro set, mas nunca conseguia sustentar sua vantagem. A tcheca perdeu a chance de sacar para fechar quando vencia por 5/4 e permitiu que Ostapenko definisse a parcial vencendo três games seguidos. Nas estatísticas, 14 a 13 em winners para letã, 19 erros para cada lado, e vantagem mínima no total de pontos para a ex-top 5, 44 a 42.

No segundo set, Ostapenko fez dez duplas-faltas e permitiu duas quebras de serviço, além de não aproveitar nenhum dos quatro break points que teve. Pliskova tinha um winner a mais, 14 a 13, e dois erros a menos, 10 contra 12 da letã. Depois de salvar um break point no início do terceiro set, Pliskova venceu três games seguidos e fez 3/1. Pliskova devolveu a quebra e buscou o empate no sexto game. A letã não enfrentaria novos break points, mesmo encarando games longos em seu serviço e conseguiu uma quebra providencial no penúltimo game da partida, antes de confirmar a vitória no saque.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis