Notícias | Dia a dia
Monteiro destaca força mental e encara indiano
27/09/2019 às 19h09

Monteiro desafia o indiano Sumit Nagal a partir das 11h (de Brasília) deste sábado

Foto: Arquivo

Buenos Aires (Argentina) - Garantido na semifinal do challenger de Buenos Aires, Thiago Monteiro acredita que a força mental foi determinante para conseguir a vitória de virada sobre o argentino Andrea Collarini. O número 1 do Brasil e 108º do ranking lembra que o rival chegou a sacar para o jogo no terceiro set, mas conseguiu reagir e vencer quatro games seguidos.

Monteiro busca a virada e faz semi em Buenos Aires

"Creio que [o fator determinante] foi a força mental. Ele sacou para o jogo no 5/3, mas fui muito forte. Segui lutando por cada ponto e consegui virar o jogo", disse Monteiro após a vitória por 3/6, 6/1 e 7/5 sobre Collarini, 215º do ranking, nesta sexta-feira.

"Foi uma batalha hoje. Andrea é um grande jogador e vinha com muita confiança. Ele ganhou seu primeiro challenger e ainda estava jogando em casa. Então eu sabia que seria um jogo muito duro", comenta o cearense sobre o rival de 27 anos e que foi campeão no saibro italiano de L'Aquila em agosto.

"Fui encontrando meu ritmo durante o jogo e estou muito feliz por estar na semifinal. Tenho que aproveitar esse momento e tentar melhorar para o próximo jogo", avalia o cearense de 25 anos e vencedor de três títulos de challenger.

Monteiro tenta alcançar a sexta final em torneios deste porte. Ele enfrenta o indiano Sumit Nagal, 161º do ranking, a partir das 11h (de Brasília) deste sábado. "Está sendo um bom começo de gira, especialmente com o nível alto não só do torneio mas de toda a turnê da América Latina. Estou muito feliz com essa semi, mas preciso estar bem preparado para enfrentar o Nagal na semi. Ele vem jogando muito bem e não vai ser fácil".

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis