Notícias | Dia a dia
Isner, Aliassime e Paire não passam da estreia
26/09/2019 às 10h09

Grigor Dimitrov agora é o cabeça de chave mais alto ainda de pé no ATP 250 de Chengdu

Foto: ATP

Chengdu (China) - Um festival de surpresas marcou a estreia dos três principais cabeças de chave no ATP 250 de Changdu e viu a queda do norte-americano John Isner, do canadense Felix Auger-Aliassime e do francês Benoit Paire ainda na segunda rodada.

Depois de obter vaga de última hora, o bielorrusso Egor Gerasimov quase perdeu na estreia para o convidado Zhe Li e nesta quinta-feira venceu dois dos três tiebreaks que disputou contra Isner, anotando as parciais de 6/7 (3-7) 7/6 (7-5) e 7/6 (7-4). O jogo não teve um único serviço quebrado e viu apenas dois break-points.

Com 26 anos e ocupando o mais alto ranking da carreira, o 98º lugar, Gerasimov ganhou apenas seu nono jogo de nivel ATP na temporada e o 28º do currículo. Ele enfrentará agora o canhoto canadense Denis Shapovalov, que escapou de outra 'zebra' e tirou o quali norte-americano Bradley Klahn de virada, parciais de 3/6, 6/3 e 7/6 (7-3).

Outro favorito a cair foi Aliassime. Ele não quis jogar a Laver Cup para se preparar melhor, mas encarou o experiente português João Sousa e acabou superado com duro placar de 6/4, 6/7 (5-7) e 6/4. Semi do ano passado, Sousa disparou 23 aces e terá chance diante de outra surpresa, o sul-africano Lloyd Harris. Ele perdeu no quali, mas entrou de última hora, tirou na estreia Marton Fucsovics e agora passou pelo sérvio e cabeça 5 Dusan Lajovic, por duplo 6/3.

Paire por sua vez perdeu para o espanhol Pablo Carreño, que pouco a pouco recupera a melhor forma. O placar foi de 6/3, 3/6 e 6/3. Nas quartas, jogará contra o chileno Cristian Garin, que tirou o canhoto espanhol Fernando Verdasco por placar idêntico.

Agora, Grigor Dimitrov passa a ser o maior cabeça de chave de pé no torneio. O semifinalista do US Open e quarto favorito em Chengdu tirou o britânico Daniel Evans, por 7/5 e 7/5, e terá pela frente o cazaque Alexander Bublik, de 22 anos, que eliminou o australiano Jordan Thompson, por 6/4 e 7/5.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis