Notícias | Dia a dia
Barty precisa virar para superar a estreia em Wuhan
24/09/2019 às 08h43

Barty devolveu a derrota sofrida para Garcia dois anos atrás em Wuhan, justamente na final do torneio

Foto: WTA

Wuhan (China) - Não foi a estreia das mais tranquilas para a australiana Ashleigh Barty no Premier de Wuhan. A número 1 do mundo levou um susto da francesa Caroline Garcia, saiu perdendo e teve depois que buscar a virada para seguir adiante, vencendo com parciais de 4/6, 6/4 e 6/1, depois de 2h13 de confronto.

Principal favorita ao título no torneio chinês, Barty terá agora pela frente a norte-americana Sofia Kenin, que fez valer a condição de cabeça de chave 15 em uma equilibrada partida contra a belga Elise Mertes que durou 2h25 e também foi decidida de virada, com o placar final de 4/6, 6/4 e 7/6 (7-5).

A romena Simona Halep foi mais uma das principais candidatas a estrear em Wuhan nesta terça-feira, passando sem sustos pela tcheca Barbora Strycova em sets diretos, com 6/3 e 6/2 anotados em 1h27 de jogo. Na terceira rodada, a quarta pré-classificada enfrentará a cazaque Elena Rybakina, que bateu a tunisiana Ons Jabeur com parciais de 6/1, 6/7 (3/7) e 6/2.

Depois de encerrar uma série de derrotas ao superar a estreia na competição chinesa, a espanhola Garbiñe Muguruza não foi muito mais longe. Desafiando a ucraniana Elina Svitolina, ela não foi páreo para a terceira mais bem cotada caindo em sets diretos e placar final de 7/5 e 6/2.

Svitolina terá outra campeã de Grand Slam pela frente na próxima fase, encarando a veterana russa Svetlana Kuznetsova, responsável pela eliminação da taiwanesa Su-Wei Hisieh com uma vitória por 2 sets a 0, anotando parciais de 6/2 e 7/6 (7-5), depois de 1h31 de partida.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis