Notícias | Dia a dia
Tsonga, Paire e Pouille jogam semis em Metz
20/09/2019 às 18h41

Benoit Paire já conquistou dois títulos neste ano e busca a quarta final da temporada

Foto: Divulgação

Metz (França) - Os franceses seguem dominando o ATP 250 de Metz. Entre os quatro semifinalistas do torneio disputado em quadras duras e cobertas, três são jogadores da casa. Benoit Paire, Lucas Pouille e Jo-Wilfried Tsonga avançaram na competição. O único estrangeiro entre os atletas restantes na disputa é o esloveno Aljaz Bedene.

Terceiro cabeça de chave do torneio e número 23 do mundo, Paire venceu um duelo francês contra o 98º colocado Gregoire Barrere por 7/6 (7-4). O experiente jogador de 30 anos e dono de três títulos de ATP já foi campeão nas quadras de saibro de Marrakech e Lyon na atual temporada e tenta alcançar sua nona final na carreira e a quarta só em 2019.

O adversário de Paire na semifinal marcada para às 9h (de Brasília) deste sábado será Bedene, 76º do ranking. O francês lidera por 4 a 2 o histórico contra o esloveno de 30 anos e que ainda busca seu primeiro título na elite do circuito. Bedene avançou na competição ao superar o espanhol Pablo Carreño Busta, ex-top 10 e atual 62º do ranking, por 6/4 e 7/5.

A outra semifinal começa às 10h30 e terá dois campeões do torneio. O veterano de 34 anos Jo-Wilfried Tsonga tem três títulos da competição, conquistados em 2011, 2012 e 2015. Já Lucas Pouille, atleta de 25 anos, venceu a edição de 2016. Os dois franceses já se enfrentaram quatro vezes, com duas vitórias para cada lado.

Tsonga vencia a partida contra o georgiano Nikoloz Basilashvili, segundo cabeça de chave do torneio, por 5/7, 6/3 e 4/1 quando o número 17 do mundo desistiu de continuar em quadra, por conta de uma lesão no ombro direito. Ex-top 5 do ranking mundial e atual 61º colocado, Tsonga tenta alcançar a trigésima final de sua carreira profissional.

Já Pouille buscou a virada contra o sérvio Filip Krajinovic com parciais de 4/6, 7/5 e 6/2. Dono de cinco títulos no circuito e ex-top 10, o pupilo de Amelie Mauresmo aparece atualmente no 26º lugar do ranking. Ele busca sua décima final na carreira e a primeira na temporada, que tem como ponto alto a semifinal do Australian Open.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis