Notícias | Dia a dia
Japonesas batem favoritas e jogam semis em Hiroshima
13/09/2019 às 17h50

Nao Hibino eliminou a principal favorita Su-Wei Hsieh nas quartas

Foto: Divulgação

Hiroshima (Japão) - A sexta-feira foi boa para as japonesas que atuaram pelas quartas de final do WTA de Hiroshima. As anfitriãs Nao Hibino e Misaki Doi eliminaram favoritas e garantiram vagas nas semis.

Elas tentam quebrar um jejum que vem desde 1998, quando Ai Sugiyama foi a última japonesa a vencer um WTA dentro de casa. O torneio era o antigo Aberto do Japão, realizado desde 1979 e descontinuado em 2008. Atualmente, o país recebe dois torneios no circuito: o WTA de Hiroshima e o Premier de Osaka, que excepcionalmente este ano assume o lugar de Tóquio no calendário.

Hibino protagonizou a grande surpresa do dia. A jogadora de 24 anos e 146ª do ranking eliminou a taiwanesa Su-Wei Hsieh, número 29 do mundo e campeã no ano passado. A japonesa marcou 6/4 e 6/3 contra a principal favorita na competição e vai enfrentar a canhota romena Mihaela Buzarnescu, que derrotou a belga Alison Van Uytvanck por 6/4 e 7/5.

Do outro lado da chave, Misaki Doi também surpreendeu. A atual 107ª colocada bateu a espanhola Sara Sorribes, sétima cabeça de chave e número 85 do mundo, com parciais de 7/5 e 6/1. Sua próxima rival é a russa Veronika Kudermetova, segunda favorita e 48ª do ranking, que bateu a alemã Laura Siegemund por 6/3, 4/6 e 6/2.

A rodada de semifinais começa às 23h30 (de Brasília) desta sexta-feira com a partida entre Hibino e Buzarnescu. Doi e Kudermetova se enfrentam na sequência.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis