Notícias | Dia a dia
Tsonga conquista challenger francês e sobe no ranking
10/09/2019 às 19h02

Tsonga não perdeu sets no torneio e venceu a final em apenas 43 minutos

Foto: Divulgação

Cassis (França) - Depois de ter sido eliminado ainda na primeira rodada do US Open, Jo-Wilfried Tsonga buscou pontos e ritmo de jogo disputando o challenger de Cassis, na França, em quadras duras. Jogando em casa, o ex-top 5 se deu bem e conquistou o título depois de vencer um tranquila final contra o israelense Dudi Sela por 6/1 e 6/0 no último domingo.

A partida de apenas 43 minutos foi a mais rápida final de challenger na história. Embora não tenha perdido sets no torneio, Tsonga teve uma semifinal muito mais dura contra o sueco Mikael Ymer, jovem de 20 anos e então 107º colocado. O duelo terminou com parciais de 7/5 e 7/6 (8-6) e teve um ponto incrível disputado entre eles.

A campanha vitoriosa em Cassis rende 80 pontos no ranking a Tsonga e faz com que o francês de 34 anos e ex-número 5 do mundo ganhe quatro posições no ranking e chegue ao 61º lugar. Depois de ter operado o joelho esquerdo no ano passado e ficar sete meses sem jogar, Tsonga chegou a sair do top 200, mas vem recuperando posições ao longo da temporada. Ele até já ganhou um ATP em 2019, nas quadras duras e cobertas de Montpellier.

Cinco jogadores ganharam títulos de ATP e também de challenger este ano. Além de Tsonga, conseguiram essa façanha os italianos Lorenzo Sonego e Matteo Berrettini, além do norte-americano Taylor Fritz e do polonês Hubert Hurkacz.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis